Globo ‘libera’ R$ 28 mi a mais e São Paulo pensa em ‘reforço expressivo’

Em um de seus últimos atos como presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio se reuniu com o executivo da Rede Globo, Marcelo Campos Pinto, e conseguiu fazer com que a emissora abrisse uma exceção em sua política ao autorizar a cessão de parte de suas cotas entre 2016 a 2018 para um empréstimo de R$ 50 milhões. O candidato da situação nas eleições, Carlos Miguel Aidar, e o diretor financeiro, Osvaldo Vieira de Abreu, também participaram do encontro.

Um fundo de investimento que tem o seu nome mantido em sigilo pelo clube será o responsável pelo reforço de caixa considerado fundamental no Morumbi.

Ao todo, R$ 28 milhões já foram liberados por ele na última sexta-feira. O restante será depositado ainda nesta semana. A princípio, o valor será utilizado para o pagamento de dívidas de curto prazo que somariam R$ 37 milhões, segundo as contas tricolores.

Não está descartada, no entanto, a ida ao mercado para tentar fortalecer o elenco também.

“Participei desse almoço com o Marcelo (Campos Pinto), o Juvenal (Juvêncio) e o Osvaldo (Vieira de Abreu). Na ocasião, foi feito essa solicitação à Globo, que atendeu prontamente. É uma receita que afasta o desconforto do momento, deixa o caixa completamente em ordem e agora assumo a presidência com essa verba mirando quem sabe uma contratação expressiva”, afirmou Aidar ao ESPN.com.br, durante as eleições do Conselho Deliberativo do time, no último sábado.

A chapa do candidato assegurou 49 das 80 vagas para novos conselheiros e praticamente encaminhou a sua vitória no pleito presidencial, marcado para o dia 16 de abril.

A Globo costuma liberar no máximo R$ 15 milhões aos clubes em direitos creditórios, como são chamadas as cotas de TV. Mais do que isso: estabelecendo o prazo de dois anos para o pagamento da dívida e não aceitando qualquer novo pedido até que a situação seja regularizada. A emissora fez, assim, uma concessão ao São Paulo permitindo que o clube realizasse um adiantamento maior do que de costume, distribuído no triênio de 2016 a 2018.

Entre os dirigentes, a restrição no valor é interpretada como uma fora de ‘segurar’ as equipes ao seu lado.

Em geral, somente quatro bancos trabalham nessas operações: Votorantim, BMG, ABC Brasil e BIC. A diretoria tricolor preferiu recorrer nesse caso a um fundo ligado a um grupo de investidores que não pode ter seu nome divulgado, segundo explicam, até que o acordo seja registrado no cartório num prazo de 30 dias.

“A minha volta na condição de candidato e a perspectiva de vencer a eleição facilita a relação com a Globo porque já fomos parceiros no Clube dos 13. Eles sabem com quem estão lidando e não tenho dúvida de que isso abre portas”, comentou o situacionista Carlos Miguel Aidar.

Com R$ 50 milhões, o São Paulo tem comprometido para efeito ilustrativo mais da metade da nova cota de R$ 85 milhões que teria a receber a partir de 2016.

“É um fundo que tem nome, razão social, mas que não posso revelar no momento. Vai ter registro do nosso contrato, autorizado pelo Banco Central, tudo legalizado em cartório e em seguida torna-se público. É um dinheiro basicamente para dívida curta”, concluiu o diretor financeiro tricolor, Osvaldo Vieira de Abreu.

 

 Fonte: ESPN

7 comentários em “Globo ‘libera’ R$ 28 mi a mais e São Paulo pensa em ‘reforço expressivo’

  1. Infelizmente a Diretoria atual mais uma vez fazendo o que não deveria. Mas foram suportados por centenas de beneficiários do bolsa clube. Sim, a eleição foi perdida pelo uso da máquina e por aqueles que se beneficiam do SP, sendo um contrato, uma carteirinha, um ingresso ou até mesmo, vaga no estacionamento.
    O nosso SPFC hoje é apenas um reflexo da sociedade Brasileira, à qual a lei de Gérson impera, geradora de favorecimentos e aqueles preocupados com o seu próprio umbigo em detrimento do bem geral.
    Prevejo dias piores nas finanças do clube, porém , se ganharmos um título, por menor que seja, tudo vai ao esquecimento.
    Enfim, nós merecemos tudo isso, pois fazemos parte; Uns mais , outros menos, mas fazemos parte.

  2. Não sou sócio do clube. Esse tipo de coisa não me causa qualquer prejuízo, mas muita decepção.
    A entidade virou uma fonte de negócios suspeitos e uma modesta competidora. Como explicar essa miséria após o novo contrato de TV e a venda do Lucas? Todos os clubes passaram a contratar atletas mais renomados após a assinatura dos contratos, mas no SP o movimento foi no sentido oposto. Perdeu negócios, por exemplo, para Cruzeiro, Santos, Inter e Grêmio, todos com renda menor, torcida menor e, exceção ao Santos, sem histórico recente de venda lucrativa de atletas. Some tudo isso às várias contratações de atletas de um mesmo empresário no ano passado e fica parecendo que o clube virou um negócio lucrativo…para algumas pessoas.

  3. ABSURDO! Tem que ter uma investigação aonde foi parar o dinheiro do clube na gestão desse LIXO bêbado safado!

    O SPFC nunca recebeu tanto dinheiro nesses últimos anos, esse crápula pegou o clube muito bem administrado deixado pelo grande MPG (Marcelo Portugal Gouveia) com as contas em dia, fez um dívida de R$ 180 milhões, vendeu o Lucas por um recorde de grana no país e usou para pagar dívidas que ele mesmo fez, agora pega um adiantamento uma semana antes de sair (muito estranho) de 50 milhões e pra quê, para pagar mais dívidas que ele mesmo faz ?

    Investiguem tudo, porque é um absurdo!

    Outra coisa, como pode o SPFC que tem a segunda maior audiência da Globo, as vezes até ultrapassa, e ainda vai receber metade do que o time do PT ganhará ?

    E essa diretoria NEFASTA ainda diz que é normal ? Muito estranho também, será que alguém não ganhou nada por fora para aceitar isso ?

    O SPFC está no seu pior momento da história, não financeiramente porque tivemos épocas difíceis, mas era quando o clube estava construindo o estádio ou reformando-o nas gestões do Fernando Casal de Rey e MPG , agora a coisa está muito pior porque não vejo uma gestão com transparência, pois o ditador safado fez e desfez do jeito que queria, com a anuência de quem o elegeu, aliás, todos devem ser responsabilizados por isso e pela complacência e submissão à esse MALDITO BÊBADO SAFADO CORINTIANO!

  4. Paulo Pontes, boa tarde.
    Nessas alturas o dinheiro da venda do Lucas virou Conceição?
    Se sumiu ninguem sabe ninguem viu?
    Se fizer uma auditoria no São Paulo, vai sobrar pra muita gente, inclusive para o candidato C.M.A. que esta ai para acobertar as mazelas do sr JJ, uma pequena comparação o Aidar vai ser a Dilma do JJ.
    Nada a estranhar JJ e Lula são amigos deve ter aprendido muito com o barba ou ensinado sabemos la né.

  5. Paulo, então me explica uma coisa: antecipar uma receita, para mim, só faria sentido quando você tem a previsão de receber muito mais lá na frente, pois antecipar uma receita agora para cobrir apenas o déficit da sua atual situação financeira significa apenas postergar o problema, ou aumentá-lo para o futuro.
    Ok, que podemos estar fugindo do aumento dos juros bancários, mas ao mesmo tempo estamos transacionando essas cotas da TV supostamente com um Fundo que ninguém sabe de quem é e o que irá cobrar para descontar essas cotas.
    Depois, no caso do São Paulo, a expectativa é redução nas receitas no médio e curto prazo, já que o Morumbi não renderá tanto em termos de shows, não temos outro Lucas e todos (TODOS!!!) os contratos de patrocínios se encerram no decorrer deste ano (e temos que considerar que nem nem a badalada Ponte Preta do Litoral e o falido Guarani da Capital administrado pelo piloto de rally estão conseguindo arrumar um).
    Alguém vê um cenário melhor do que isso?
    O que o gessstooorrrr tem a falar disso?

  6. Boa tarde Paulo Pontes,
    será que entendi certo? o SPFC agora antecipa cotas com a Globo igual aos menores da capital? Vamos ficar na mão da toda poderosa também? aff ta difícil ter esperança assim viu!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*