Ganso lamenta derrota do Tricolor

O meia Paulo Henrique Ganso segue na reserva do São Paulo. Após a derrota de sua equipe por 2 a 1, para o Arsenal (ARG), pela Copa Libertadores, na noite desta quinta-feira, fora de casa, o camisa 8 não achou merecido o revés na Argentina. Para ele, o Tricolor poderia ter conseguido os três pontos pelo que criou dentro de campo.

Um dos escolhidos por Ney Franco para entrar no segundo tempo – no lugar de Lúcio -, Ganso não conseguiu evitar a derrota que complicou a situação do time do Morumbi no grupo 3 da competição.

– Foi uma derrota muito chata. Pelo jeito que jogamos, fomos muito bem, criamos inúmeras oportunidades… Mas acabamos perdendo. Agora é ter tranquilidade, a gente sabe que estamos vivos. Mas hoje colocamos mais uma equipe dentro da competição – afirmou.

Sobre seu atual momento na equipe, ele também foi bastante sincero. Após surgir bem no Santos e acumular convocações para a Seleção Brasileira, o meia, hoje em dia, não acha que deve estar nas listas do técnico Luiz Felipe Scolari. Questionado se fosse o treinador o convocaria, o jogador foi direto.

– Neste momento, não – disse.

Paulo Henrique explicou que, antes de pensar na Amarelinha, tem de se firmar no próprio São Paulo, coisa que não aconteceu desde a sua chegada, no fim da última temporada.

– Eu estou me esforçando bastante. A decisão cabe ao Ney Franco. Ele tem de saber a melhor hora para eu poder jogar. Já estou em um ritmo bem apurado para poder ajudar o São Paulo. Já venho entrando como titular ou no decorrer dos jogos – concluiu.

Fonte: Lance

Um comentário em “Ganso lamenta derrota do Tricolor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*