Fabuloso lamenta passado e diz ser difícil tirar rótulo de ‘bad boy’

A promessa de Luis Fabiano de um melhor comportamento em 2013 durou pouco. Expulso após o apito final contra o Arsenal, no Pacaembu, o jogador pegou quatro partidas de suspensão e pode desfalcar o São Paulo no momento mais importante da Taça Libertadores. Com um histórico negativo nesse quesito, o jogador diz que vem pagando pelas confusões de outros momentos da carreira.

– É difícil (tirar esse rótulo). Como é o Luis Fabiano, a impressão é de que tudo é maior. Mas, agora com paciência, vamos ver o que acontece na segunda-feira e torcer para que a punição seja menor e que eu volte para ajudar o São Paulo a se classificar. E para ver se diminui um pouco esse “zum-zum-zum” que tem acontecido – afirmou.

O Fabuloso viveu situação semelhante no fim do ano passado. Ele foi expulso na primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana, contra o Tigre, na Bombonera, e desfalcou o Tricolor no duelo de volta, no Morumbi. Por sorte são-paulina, a equipe abriu 2 a 0 no primeiro tempo e levou o título depois que o adversário não voltou para o segundo tempo.

Luis Fabiano, aliás, usou o meia Elano, do Grêmio, para considerar sua punição injusta. No ano passado, o meio-campista agrediu um auxiliar em partida contra o Millonarios, na Colômbia, pela Copa Sul-Americana, e sequer foi suspenso pela Conmebol.

– Nós vimos coisas piores acontecendo no jogo do Grêmio e não aconteceu nada. O jogador é meu amigo e nunca vou querer o mal para um companheiro. Mas não adianta falar. A punição está aí e agora é torcer para que o clube consiga inverter – disse.

O São Paulo enviará ainda nesta segunda um recurso para tentar impedir a punição. Caso não consiga, Luis Fabiano terá de cumprir três jogos de gancho. Assim, não enfrentará o Strongest, em 4 de abril, na Bolívia, e Atlético-MG, dia 17, no Morumbi.

Se o Tricolor avançar, ele também não atuará na primeira rodada das oitavas. Já uma eliminação ainda na fase de grupos empurrará a última partida de gancho para a próxima competição sul-americana que o atacante disputar.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*