Fabrício e Douglas se destacam em vestibular dos reservas

Ney Franco aproveitou a gordura que tem no Estadual, como o próprio gosta de definir, para fazer um vestibular dos reservas do São Paulo. Quem fosse bem no jogo da última quarta-feira, diante do Paulista, passava a ter grandes chances de brigar por uma vaga no time titular e, consequentemente, de poder enfrentar o The Strongest, na Bolívia, no dia 4 de abril. E dois nomes aproveitaram muito bem a chance: Douglas e Fabrício.

Descontando Luis Fabiano, que fez dois gols, mas é titular e está suspenso da partida sul-americana, os dois mostram muita disposição e deixaram os olhos do treinador brilhando. A dúvida já começa para a partida diante do Corinthians, ainda válida pelo Paulista, quando o comandante quer escalar força máxima.

Basta ver o Datafolha para entender. Com 52 passes certos, o volante foi, de longe, o que mais trocou bolas com seus companheiros. Para se ter uma ideia, Cortez foi o segundo melhor no quesito, com 37. Fabrício foi também, de acordo com as estatísticas, o que mais participou do jogo, com 75 atuações e 50 bolas recebidas. O atleta ainda fez mais dez desarmes e fez só uma falta.

“A gente sabe que os outros jogos é um dia de notícia e o clássico vai ser uma semana. Nosso time é experiente, não vai se abalar nem se empolgar com o resultado para o jogo de quinta-feira. Estava precisando desses jogos, o tempo me ajudou a fazer essa boa partida”, disse o atleta na saída de campo.

Ao seu lado, Douglas foi outro que comemorou muito a partida. Ele criou a jogada do primeiro gol e passou perto de deixar o seu em outras oportunidades. O Datafolha mostra que o camisa 23 foi o que mais acertou dribles (4) e o que menos errou passe (1). Ele ainda fez sete desarmes e colaborou também no ataque com duas faltas recebidas e quatro finalizações. Isso sem contar os 11 cruzamentos. No total, ele foi o segundo que mais atuou, com 69 participações.

“Esse jogo demonstra a força do São Paulo, que vem crescendo nesses últimos jogos, com muita qualidade. Quem entrou no campo soube mostrar trabalho ali”, disse rapidamente o jogador.

Agora, Fabrício entra firme na concorrência por uma vaga com Wellington, Denílson e Maicon. Já Douglas, pode roubar a vaga na lateral, que tem Rodrigo Caio e Paulo Miranda como postulantes, ou ainda no ataque pela direita, que tem Aloísio e Wallyson como grandes concorrentes.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*