Experiente em Libertadores, Fabricio diz: ‘É bom para quem joga firme’

A lesão de Denilson vai fazer Fabrício voltar no tempo. Escolhido por Ney Franco para ser o substituto do volante na partida desta quinta-feira contra o Arsenal de Sarandí, da Argentina, no Estádio do Pacaembu, o jogador se empolga com a chance de retornar ao time titular e fazer sua estreia pelo clube tricolor na Libertadores, competição que já atuou por Corinthians e foi vice-campeão com o Cruzeiro, em 2009.

– Libertadores é mais gostoso para quem gosta de jogada mais firme, pois favorece esse estilo de jogo, mas na medida certa. Não pode ter exageros para não se complicar nos cartões. Já joguei essa competição e com certeza será um jogo muito bom para todos nós – disse o jogador, ao site oficial do clube.

Com três pontos em duas rodadas, o São Paulo ocupa a terceira colocação do Grupo 3 da Libertadores, empatado com vice-líder Strongest. O Atlético-MG é o primeiro colocado, com seis pontos e 100% de aproveitamento. Zerados, os argentinos do Arsenal são os lanternas.

Ciente da importância do duelo desta quinta-feira, o volante Fabrício diz que uma vitória diante do Arsenal é fundamental para a classificação do São Paulo para a próxima fase da competição continental.

– Espero que eu possa ajudar a equipe a conseguir os três pontos. Será um jogo fundamental para o time conseguir a classificação, precisamos da vitória a qualquer custo. Jogar como titular em uma circunstância como essa é muito motivador – afirmou.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*