Entenda o novo São Paulo com Ganso na ponta e Alexandre Pato no time

O técnico Muricy Ramalho prometeu e começou nesta terça-feira a projetar o novo São Paulo após a eliminação no Campeonato Paulista para o Penapolense. O comandante sacou o colombiano Pabon e promoveu a entrada de Alexandre Pato no ataque que vinha sendo utilizado nos últimos jogos. Foi a medida para juntar a maioria de jogadores talentosos que possui, e um deles vai pagar um preço maior pela mudança: Paulo Henrique Ganso.

O camisa 10, pela formação apresentada por Muricy em treino tático, foi o único cujo posicionamento mudou. Ganso jogou mais aberto pela direita. O objetivo da tática, basicamente, são dois. O primeiro é para manter Pato na posição que Muricy considera ideal. Ou seja, como segundo atacante, um ponta de lança com liberdade para encostar em Luis Fabiano e voltar para armar o jogo. Tudo vai depender do entendimento dos atletas dentro de campo. Osvaldo seguiu aberto pela esquerda.

O remanejamento de Ganso um pouco mais para o lado do campo também visa melhorar a performance do meia. Ele não terá de chegar à linha de fundo, como fazia Pabon. Ao contrário. Na visão da comissão técnica, vindo por dentro, o jogador pode ter mais liberdade e mais opções para sua perna esquerda, principalmente no chute, algo que Muricy cansou de cobrar.

Ganso e Pato terão liberdade para mudar de posição, dependendo das circunstâncias da partida. Ambos terão obrigação de marcar. Durante o treino de terça, Muricy parou diversas vezes para dar orientações. Exigiu atenção de Pato quando o time estiver sem a bola, para ele ajudar na marcação.

O restante do time foi completado da mesma forma, com Douglas, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Maicon e Souza. O novo esquema é a aposta para melhorar a qualidade de um time eliminado de maneira vexatório no Estadual. O primeiro teste já tem data: dia 9, contra o CSA-AL, pela Copa do Brasil, no Morumbi.

Fonte: Lance

3 comentários em “Entenda o novo São Paulo com Ganso na ponta e Alexandre Pato no time

  1. Espero que o Murici Ramalho experimente o Boschillia jogando dessa forma – armando pela direita, que é como ele jogou, e muito, na copinha. Mas que, realmente, dê oportunidades do menino mostrar seu valor jogando. Acredito que ele vai produzir muito mais que o Ganso dentro desse esquema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*