Em treino para apresentar novo uniforme, Rojas é a novidade no time

O São Paulo apresentou na manhã deste sábado, no Morumbi, os novos uniformes de treino do time, que estreia nova parceria com a Adidas para o fornecimento de material esportivo.

Diante de cerca de 3 mil torcedores, jogadores e comissão técnica usaram as novas camisas durante o treino aberto no estádio tricolor: a dos atletas é vermelha, enquanto a do técnico e seus auxiliares é preta; ambas têm o escudo do clube em dourado, do lado esquerdo do peito.

Em campo, Diego Aguirre comandou uma atividade dividindo os jogadores entre titulares e reservas. A principal novidade foi a presença do meia-atacante equatoriano Joao Rojas, contratado na semana passada, entre os 11 do treinador.

O time titular tinha Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Rojas, Everton e Diego Souza. Os suplentes foram a campo com Jean; Araruna, Bruno Alves, Edimar e Caíque; Liziero, Lucas Fernandes e Shaylon; Morato, Gonzalo e Tréllez.

Jogadores e comissão técnica apresentam os novos uniformes de treino (Foto: Leandro Canônico)

Estiveram presentes no evento o ex-atacante Aloísio Chulapa, campeão mundial pelo São Paulo em 2005, e o volante Pretos, que nesta semana acertou sua transferência para o Al Nassr, da Arábia Saudita.

Os uniformes de jogo serão lançados em outro evento nas próximas semanas. A estreia acontecerá no jogo contra o Flamengo, em 18 de julho, no Maracanã, na retomada do Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo.

Durante o treino conversei com alguns dirigentes e recebi a informação de que Junior Tavares acertou seu empréstio para o Dinamo de Kiev. Ele ficará um ano no clube, com opção de compra em definitivo. Só não apurei, ainda, o valor deste empréstimo.

Nova parceria

Esta é a terceira parceria do São Paulo com a Adidas. Antes, a empresa fez os uniformes de 1986 a 1990 e de 1996 a 1999. O contrato é válido até dezembro de 2023. O Tricolor acredita que deve ganhar cerca de R$ 20 milhões por ano com a empresa alemã, embora não haja um valor fixo previsto no acordo.

O São Paulo terá direito a 26% de royalties por produto logo de cara. Se as vendas chegarem a um determinado valor no ano, ativa-se um gatilho que eleva essa porcentagem para 30%. O clube terá direito a 50 mil peças de enxoval e receberá prêmios por metas (conquistas de títulos e outros objetivos). Não houve comissão para terceiros.

O lançamento do uniforme será feito no dia 12 de julho. Antes disso, dia 11, o time fará um jogo-treino fechado, no Morumbi, contra o Red Bull.

Paulo Pontes

4 comentários em “Em treino para apresentar novo uniforme, Rojas é a novidade no time

  1. Jairo:
    Acredito que o que atrapalha o desenho das camisas é algum “engessamento” quanto à exigência das tais listras. Sempre louvei nosso “manto” mas nunca admirei seus desenhos. Pra mim as cores são muito importantes mas as listras largas dificultam um desenho mais elegante.
    Agora: com bons ou maus desenhos, me importa, mesmo, é que tenhamos um bom time pra usar nossas camisas.
    Um abraço!

  2. Incrível a pobreza no design.
    Uma criança numa escola de desenho faria melhor, nem parece que foi feito por um profissional do ramo.
    Cansei de ver na internet camisas criadas por torcedores muito mais bonitas, modernas e arrojadas.
    A verdade é uma só: o que vale é o valor pago como patrocinador, pq nenhum dos últimos fornecedoras de material esportivo consegue fazer uma camisa nova decente.
    Aquela vermelha e a outra amarela comemorativas feitas recentemente, são feias que doem a vista.
    E a única coisa que não deveriam mexer que é o escudo do SPFC, os caras insistem em mudar de cor.
    Eu jamais compraria uma camisa dessa de treino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*