Em Alagoas, zagueiro Edson Silva diz que espera continuar no São Paulo

Após um ano de altos e baixos no São Paulo, o zagueiro Edson Silva passa férias em Alagoas e participou do tradicional Jogo das Estrelas, na última quinta-feira, realizado em Murici, Zona da Mata do estado. Curtindo a folga, o jogador comentou a mudança de postura do São Paulo com a chegada de Muricy Ramalho e disse que pretende continuar defendendo o Tricolor nesta temporada.

– Depois de um ano bem conturbado no São Paulo, estou em férias, curtindo. A diretoria ainda não definiu a minha permanência, vai haver a reformulação do elenco. Não sei se fico ou saio. Eles vão decidir Quero ficar. O São Paulo me ajudou muito, é um clube maravilhoso. Estou à disposição, tenho certeza de que eles vão tomar a melhor decisão, independentemente de qual seja – afirmou.

Zagueiro do São Paulo, Edson esteve no Jogo das Estrelas em Alagoas (Foto: Paulo Victor Malta/Globoesporte.com)Edson Silva (2º da esq. para a dir.) participou do Jogo das Estrelas, em Murici (Foto: Paulo Victor Malta)

 

 

Apesar da intenção de ficar no Tricolor, o zagueiro confirmou que foi sondado por outros clubes.

– Por enquanto, houve sondagens, mas não estou sabendo de nada, já que os contatos são feitos com meu empresário. Se houver algo concreto, ele me passa depois.

Questionado sobre a ascensão do time após a chegada de Muricy Ramalho, Edson elogiou o treinador, mas destacou que a mudança de postura dos atletas também foi fundamental.

– A coisa não tava dando certo. Então, ele chegou e começou a dar certo. Na teoria, é assim que funciona, mas no futebol sabemos que há outras questões. O próprio Muricy chegou ao São Paulo e falou: “Uma andorinha só não faz verão”. Sabemos que ele não joga, somos nós que entramos em campo. Estávamos naquela situação porque colocamos o time lá. E os mesmos homens tiraram o time daquela situação ruim – comentou o defensor, destacando ainda a experiência do técnico.

– O Muricy chegou para reforçar mais o apoio que precisávamos. E a presença dele nem se fala, ele é um cara experiente, respeitado em nível mundial. A chegada dele nos ajudou bastante, mas lembrando que um time se faz de um grupo, um todo – afirmou.

A situação do Tricolor realmente não era nada boa. Muricy Ramalho assumiu o São Paulo no dia 10 de setembro, logo após a 19ª rodada, quando o clube era o 18º colocado, com 18 pontos. O time do Morumbi terminou o Brasileirão em nono lugar, com 50 pontos.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*