Elenco na mão e time competitivo: méritos de Aguirre

A vitória do São Paulo diante do Corinthians, por 3 a 1, deixou claro que o técnico Diego Aguirre possui pleno conhecimento de seu elenco e consegue extrair o melhor de cada jogador. O uruguaio tinha três desfalques no time titular para o clássico e, sem fazer muitas mudanças, conseguiu com que a equipe mantivesse o bom nível de atuação demonstrado nas últimas partidas.

Com a suspensão de Everton pelo terceiro cartão amarelo recebido no jogo contra o Flamengo, o time não tinha um substituto direto para o lado esquerdo do ataque. Tréllez, Morato e Paulo Boia pintavam como favoritos para assumir a vaga, mas Aguirre surpreendeu a todos e escalou o lateral Reinaldo como ponta, assim como atuava na Ponte Preta e na Chapecoense.

O camisa 14 acabou sendo o melhor jogador em campo no Majestoso ao fazer dois gols em Cássio. Para não deixar o time exposto, o treinador colocou Edimar na lateral – atuando praticamente como um terceiro zagueiro – e limitou as subidas de Hudson e Liziero no meio de campo. Desta forma, o Corinthians não conseguiu atacar com Fagner e Romero, e Rodriguinho ficou cercado na faixa central do gramado.

– Não foi uma improvisação. Foi uma coisa falada com o jogador. Gosto de ter conversas individuais para não forçar o jogador a atuar onde não pode. Ele não tem problema em jogar lá. Por isso coloquei ele lá. Queríamos controlar e fortalecer o lado esquerdo e deu certo – explicou Aguirre ao fim da partida.

A mudança de posição de Reinaldo e a consequente boa atuação do lateral jogando fora de sua zona de conforto, ressalta o quão próxima é a relação do treinador com seus comandados. Apesar de não ter um elenco recheado de estrelas, Aguirre conseguiu criar um time extremamente competitivo e um bom ambiente de trabalho. Tudo isso em quatro meses de trabalho.

 

Fonte: Lance

3 comentários em “Elenco na mão e time competitivo: méritos de Aguirre

  1. Assisti há muito tempo, na primeira passagem do Reynaldo um video quando ele jogava num time do interior que não me lembro o nome , aonde um amigo iu repórter local fala sobre sua boa atuação naquele jogo e sobre uma possível proposta do Sporting de Portugal aonde passaria a receber em €uros, e ele dizia que a vontade dele era jogar no SPFC.
    Pra quem não viu, vale a pena conferir.

    O Aguirre aparenta ser humilde e conseguir a confiança dos seus comandados jogando limpo, aliás ele chegou ao SPFC desta forma.

  2. Militão, ou Militão Pai;
    Vou dizer uma coisa certíssima;
    Quer sair do São Paulo? saia .
    Mas vai se arrepender até o ultimo fio de cabelo.
    Hoje =, voce é titular absoluto, querido pela torcida, diretoria, e principalmente pelos colegas e está em um time que é TRICAMPEÃO MUNDIAL MUNDIAL MUNDIAL, motivo de orgulho dos que participam da escalação. Vai querer ir para o Porto de POrtugal que é BEM MENOR QUE O SÃO PAULO para tentar disputar posição!!!!
    Tudo por um punhado de dólares !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Faça um bom acerto com o Raí e seja mais inteligente !!!
    ps.os que seguiram meu conselho. estão felizes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.