“É inadmissível perder do Ituano”, diz Hudson após revés do São Paulo

O São Paulo perdeu por 2 a 1 para o Ituano na noite desta quarta-feira, no Estádio Novelli Júnior, e viu a pressão aumentar ainda mais sobre si. Após a partida, que culminou na quarta derrota do Tricolor na temporada, o volante Hudson se mostrou revoltado com o revés.

“Está faltando tranquilidade para nós, sim. É inadmissível perder para o Ituano. Tem muita coisa para melhorar”, esbravejou, antes de reconhecer a difícil situação em que a equipe se encontra.

“Preocupa. Já sabíamos que tínhamos que melhorar nosso rendimento. Perder hoje foi um golpe para a gente. Acabou a margem de erro faz tempo. Não podemos mais errar pela necessidade de bons resultados. Esperamos reverter isso o mais rápido possível”, projetou, na saída de campo.

Diante do Ituano, o São Paulo foi dominado no primeiro tempo e foi para o intervalo perdendo por 1 a 0, em gol que foi resultado de uma falha da zaga. O time, então, voltou com Valdívia e Tréllez nos lugares de Nenê e Diego Souza.

Melhor em campo, o Tricolor empatou logo aos seis minutos da etapa complementar, com Cueva, após jogada de Valdívia e Reinaldo pela esquerda. Pouco depois, em nova falha do sistema defensivo, Alison, de cabeça, recolocou o Ituano na frente.

No último minuto da partida, Cueva desperdiçou pênalti sofrido por Tréllez e defendido pelo goleiro Vagner, ex-Palmeiras. Após o duelo, Hudson admitiu que a equipe está com dificuldade de assimilar o trabalho de Dorival Júnior.

“Dificuldade é de a gente desenvolver o melhor futebol, o que ele pede”, afirmou, antes de ponderar. “Ele orienta bem a gente, na base dos vídeos quando não dá tempo. Acho que está faltando transpor isso para dentro de campo”, pontuou.

Apesar do novo revés, o São Paulo permaneceu no primeiro lugar do Grupo B, com dez pontos ganhos, os mesmos da Ponte Preta, que tem uma vitória a menos. Cada vez mais pressionada, a equipe dirigida por Dorival Júnior buscará se reabilitar no torneio diante da Ferroviária, a partir das 17 horas (de Brasília) deste domingo, no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em ““É inadmissível perder do Ituano”, diz Hudson após revés do São Paulo

  1. E olha esse grupo do sao paulo é o mais fraco entre todos outros, sao paulo no geral sao paulo figura em 9o lugar muito fraco para um time que se diz grande, soberando e etc.

  2. É inadmissivel logico que é mas cade a reacao, falar depois do jogo no microfone é de boa, queremos ver dar a resposta dentro de campo, perdemos para o Santos e a resposta ja deveria ter vindo contra o Ituano isso é inadmissivel.
    E acham que sera facil ganhar da Ferroviaria, vao pensando, se jogar como vem jogando vai ser outro fiasco.
    E sobre a saida do DJr tb nao sou a favor de mandar treinador embora, mas o problema que nao vemos o que DJr posso mudar daqui para frente com o que ele tem para treinar e jogar, falam do Professor Luxa, pode ate ser uma boa, pois tem fama de disciplinador e talvez isso que precise que alguem ponha disciplina desse time, chamar o jogadores se sao homens ou maricas.
    Por isso que volto a repetir desde o ano passado quando estavamos para cair para segundona e se nao fosse Hernanes com certeza hj estariamos la, tinhamos que ter caido, pq somente assim o time inteiro volta a crescer foi assim com muitos que cairam e voltaram mais fortes, confiantes e ganhando titulos.

  3. Ué? Perdeu por que então?
    Filhote, não adianta nada ficar com esse papinho no microfone. Ou faz seu trabalho direito ou nem fala nada na saída do campo, parça.

Deixe uma resposta para Raphael Martins Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*