Douglas e Muricy discutem e técnico diz: ‘Não é jogo de menina’

O São Paulo transformou o jejum de quatro jogos sem vitória em sequência invicta de quatro partidas ao bater o XV de Piracicaba por 3 a 1 nesta quarta-feira. Antes de conquistar a virada que garantiu o primeiro triunfo do time como visitante no Campeonato Paulista, porém, o lateral-direito Douglas e o técnico Muricy Ramalho discutiram feio na saída para os vestiários no intervalo.

– É isso mesmo, futebol não é feito para menina. Em grande empresa não dá para ficar pedindo por favor toda hora – desabafou o comandante.

O treinador tricolor se irritou após o camisa 23 vacilar na marcação e ainda cometer falta desnecessária e próxima à área de Rogério Ceni. Ainda no gramado, Douglas tentou argumentar, mas manteve a concentração na partida. Assim que o primeiro tempo acabou no Barão de Serra Negra, os dois voltaram a discutir, mas o lateral encerrou qualquer polêmica ao final do confronto.

– A gente soube entender o que ele falou no vestiário. Ele quer vencer, eu quero vencer e é assim que a gente vai. É uma coisa normal para quem quer o melhor da equipe. A gente melhorou no segundo tempo, mas ainda falta atenção no começo das partidas. Agora é daqui para melhor – projetou o ala.

O vacilo citado por Douglas aconteceu logo aos dois minutos de jogo, quando a zaga não cortou escanteio da esquerda e Jonathan Cafu ficou sozinho na frente de Rogério Ceni para abrir o placar. Além do lateral, o atacante Osvaldo também fez um alerta para os companheiros. Em 11 rodadas do Paulistão, o time sofreu 12 gols.

– Falamos na preleção, mas mesmo assim tomamos o gol cedo em bola parada. Pelo menos tivemos força para empatar e virar – minimizou.

Já o zagueiro Rodrigo Caio preferiu exaltar a manutenção da postura apresentada no clássico contra o Santos, que terminou em 0 a 0 no último domingo. Para o garoto, a equipe só conseguirá se reerguer na temporada se seguir se impondo diante dos adversários.

– Com certeza, melhoramos no clássico, mas não conseguimos fazer o gol. Hoje (quarta-feira) todo mundo entrou com dedicação, marcando e jogando. Esse é o espírito do São Paulo – sacramentou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*