Dois garotos assinam primeiro contrato como profissionais

Dois jogadores da base do São Paulo assinaram neste sábado os primeiros contratos profissionais da carreira. Talles, de 15 anos, e Pedrinho, de 16, firmaram acordo até o fim de junho de 2022.

– É um dia especial na minha vida, tanto para mim quanto para todo mundo que sempre batalhou comigo nessa caminhada. Sabemos que as coisas não acontecem por acaso, e poder assinar esse contrato profissional com o São Paulo significa muito para mim. É o resultado de muito esforço e dedicação, e só posso agradecer a todos que depositam confiança no meu trabalho. Com certeza vou continuar honrando a camisa do São Paulo como sempre fiz – falou Talles.

Talles assina o primeiro contrato profissional com o São Paulo (Foto: Divulgação)

Talles assina o primeiro contrato profissional com o São Paulo (Foto: Divulgação)

– É uma sensação única, de que as coisas estão sendo feitas da melhor maneira possível. Quando fui chamado para assinar esse contrato profissional, tive a certeza de que se você trabalhar duro e de forma correta, as coisas boas vão acontecer naturalmente. Agradeço ao São Paulo por acreditar no meu potencial e, principalmente, à minha família – falou Pedrinho.

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Dois garotos assinam primeiro contrato como profissionais

  1. Parabéns, só espero que ao final dos contratos os dois não sejam mercenários e ingratos como Cipriano e Militão, fora aquele bostinha do Hebling.

  2. Esta é a forma correta para termos bons times. Se são bons jogadores, da cintura para baixo e da cintura para cima, o SPFC sempre “ganhará” com eles. Titularidade não é garantia para todos, mas pode-se ganhar de outras formas. Kaká, Oscar, Diogo, Marquinhos Cipriano, Militão e outros não podem sair sem oferecer o que o Clube investiu e espera deles. Temos que preservá-los de forma “INTELIGENTE”. Os filhotes do JJ não tem esta qualificação, mas podem aprender.

    • Talles e Pedrinho, honrem muito a instituição SPFC por lhes dar essa oportunidade única na vida na qualbmilhões de jovens sonham e jamais terão.
      Mas principalmente se , e quando chegarem ao elenco profissional, tenham a humidade, sonho e gana de serem abraçados como um legítimo filho da imensa família tricolor.
      Jogando no SPFC com determinação, amor e principalmente querendo fazer parte de um pôster do SPFC campeão estampado na sala de troféus do Morumbi.
      A torcida do SPFC adimira e tem carinho eterno por este tipo de jogador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.