‘Do que jeito que jogou, já me convenceu’, diz Muricy sobre Ganso

muricy

A empolgação geral com a boa atuação de Paulo Henrique Ganso também chegou a Muricy Ramalho. O treinador deixou o meia no banco de reservas no empate em 0 a 0 com o Santos e na partida desta quarta-feira, contra o XV de Piracicaba. O São Paulo empatava em 1 a 1, quando o camisa 10 entrou e deu um passe preciso para Luis Fabiano marcar.

Depois, Ganso acertou outro passe para o Fabuloso sofrer pênalti. No fim, 3 a 1, primeira vitória fora de casa na competição e elogios ao meia, que deve voltar ao time titular:

– Ele pode ser titular, claro que pode. Mas tem de entender que tem de participar mais. Uns dez dias atrás, eu conversei com ele por meia hora. Ele tem de melhorar nos scouts. Se você pega o basquete é assim, o beisebol é assim. Tem de avaliar o atleta pela assistência, pelos fundamentos, mas aqui não é assim. O cara faz um gol e se apaga tudo.

– Hoje ele saiu da zona que ele joga, que se colocam um volante ali em cima dele, ele não joga. Ele saiu pelos lados, fez jogadas e quando surgiu a oportunidade de dar o passe decisivo, ele deu porque isso não vai desaprender, isso é dele. Do jeito que jogou, já me convenceu. Jogador desse tipo é raro – declarou Muricy Ramalho.

O São Paulo volta a campo no dia 5 de março, contra o Osasco Audax, no Morumbi, às 22h. A equipe está na segunda colocação do Grupo A, com 18 pontos, os mesmos do Penapolense, que tem um jogo a menos.

Fonte: Lance

Um comentário em “‘Do que jeito que jogou, já me convenceu’, diz Muricy sobre Ganso

  1. Não vi nada disso que o Murici falou. O cara jogou igualzinho aos jogos anteriores. A diferença é que acertou dois bons passes para gols mas, se olharmos de novo, vamos vê-lo completamente desmarcado por falha coletiva do fraquíssimo time do XV de Piracicaba que, com certeza, deverá cair pra segunda divisão de novo.
    Há que ter mais critério e mais calma para analisar a melhora ou não do Ganso.
    Vamos esperar um bom clássico para mudar de idéia. Tomara que aconteça. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*