Diretoria do São Paulo sofre para encontrar reserva de Luis Fabiano

A diretoria do São Paulo tem uma missão para este início de temporada: encontrar um reserva para o centroavante Luis Fabiano. Além do Fabuloso, o time só conta com Ademilson e Osvaldo para o setor ofensivo. Isso acontece porque o elenco sofreu duas baixas com as saídas de Aloísio, que vai para o Shandong Luneng, da China, e Welliton, de volta ao Spartak Moscou, da Rússia.

– É uma posição que nos preocupa e vamos tentar trazer um jogador para ser reserva do Luis Fabiano. A possibilidade existe na medida que nós ainda não contratamos um jogador de ataque para suprir as saídas do Aloísio e do Welliton. Estamos buscando – afirmou o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

O São Paulo tem encontrando dificuldade para pinçar um atacante bom e barato no mercado. Por conta disso, o clube cogita esperar a disputa do Campeonato Paulista para ver se pinta algum bom negócio com atletas dos times do interior. Outra opção é buscar na base um jovem valor. Do time que está disputando a Copa São Paulo, Ewandro vem ganhando destaque no setor ofensivo. Mas ele tem apenas 17 anos, mesma idade do meia-atacante Boschilia, o melhor jogador do time são-paulino na competição sub-20.

– Estamos de olho nesse time da Copa São Paulo. Nós temos grandes valores que podem subir para o time profissional. A diretoria está observando e vai saber fazer o que for melhor para o São Paulo – disse o cartola.

No ano passado, Luis Fabiano chegou a ser colocado no banco de reservas pelo técnico Muricy Ramalho. Ídolo da torcida, o Fabuloso não atravessava uma boa fase técnica e perdeu o seu lugar para Aloísio, que compensou a falta de habilidade com muita entrega em campo e vários gols. A ideia era ter mantido o Boi Bandido, mas uma cláusula contratual foi determinante para a ida dele para a China.

– O Aloísio saiu por contingências alheias à nossa vontade. Eu sempre mencionei que não era o nosso desejo a saída do Aloísio. Mas forças contratuais nos obrigaram a liberar o jogador. Caso ocorresse proposta superior a 5 milhões de euros (R$ 16 milhões), nós teríamos de igualar ou liberar o jogador. Achamos o valor muito alto e tivemos de liberar – explicou Jesus Lopes.

Diante das circunstâncias, a diretoria espera que Luis Fabiano recupere o seu apurado faro de gol e volte a brilhar com a camisa são-paulina.

– O Luis Fabiano não está sentindo nenhuma lesão, e acreditamos que haverá de todas as partes um esforço para que ele possa mostrar aquele futebol que já empolgou os torcedores do São Paulo e também da seleção brasileira – disse o dirigente.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Diretoria do São Paulo sofre para encontrar reserva de Luis Fabiano

  1. Nao quiseram o Walter que foi prum timinho karioka apadrinhado do stjd,
    ???? Sabem por que ???
    Seria titularissimo, eta diretoria mediocre,
    agora aguentar esse dez por hora em campo,
    vai ser desesperador, jj, ja deu vaza ditadorzinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*