Diretor diz que Muricy não manifestou interesse em reaproveitar Lúcio

O vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, evitou comentar as declarações do zagueiro Lúcio ao Esporte Espetacular no último domingo. Na entrevista, o jogador afastado desde julho disse se sentir em uma ditadura e também afirmou que seu afastamento não era apenas uma decisão do antigo técnico Paulo Autuori, pois ele foi substituído por Muricy Ramalho e tudo continuou igual.

Em rápido contato com o GloboEsporte.com, o dirigente do Tricolor reiterou que o motivo do afastamento foi uma opção da comissão técnica. Além disso, também disse não ter recebido pedido de Muricy para reintegrar o zagueiro ao grupo.

– Não houve nenhuma manifestação de interesse do novo treinador (de reintegrar Lúcio). A única coisa que posso dizer, até porque ele é funcionário do São Paulo, é que ele foi afastado por uma solicitação da comissão técnica anterior, por ter infringido preceitos disciplinares – afirmou João Paulo.

O técnico Muricy Ramalho, assim que voltou ao comando do São Paulo, em setembro, foi bastante questionado sobre um possível retorno de Lúcio ao elenco. Na ocasião, o time tinha problemas na zaga e ocupava a zona de rebaixamento. O treinador deu a seguinte resposta, na entrevista coletiva após a vitória sobre a Ponte Preta, no dia 12 de setembro:

– Se a diretoria achou que isso deveria ser feito, isso foi feito. Eu não posso querer tirar essa autoridade porque eu nem tenho essa autonomia. Então, eles resolveram e é assim. Se eles acharem amanhã que o jogador precisa ter alguma chance, tudo bem. Senão, é problema da diretoria.

Lúcio comentou sobre o impasse no Esporte Espetacular no último domingo.

– Até tentei colocar a minha posição, mas como ele (Muricy) mesmo deu entrevista falando queacata a decisão da diretoria, era meio inútil eu ir lá e forçar uma situação. Eles falaram que era uma decisão do treinador, mas depois ficou claro que não foi, porque trocou o treinador e a minha situação continua a mesma – disse Lúcio.

Aos 35 anos, o pentacampeão com a Seleção em 2002 tem contrato até dezembro da próxima temporada com o Tricolor e está na mira do Palmeiras. O próprio vice de futebol, inclusive, disse não se opor a uma negociação com o rival, mas aguarda um contato oficial por parte do Verdão.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Diretor diz que Muricy não manifestou interesse em reaproveitar Lúcio

  1. Esse cara pode ser um pouco individualista, e pode ter sido um desastre em seu início no São Paulo, será ninguém parou para pensar que a diretoria não quis reintegrá-lo por causa dos altos salários?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*