Desempenho ruim na Libertadores transforma Paulista em ameaça

Ney Franco usará, mais uma vez, seus jogadores reservas no jogo do Campeonato Paulista neste domingo, às 18h30, diante do Penapolense. A oportunidade de rodar o elenco agrada sempre aos atletas que têm menos chances de atuar e, depois da atuação não convincente diante do The Strongest, serve também de ameaça para os que se sentem com a titularidade cativa.

Denílson e Cortez, por exemplo, foram muito criticados após o jogo que terminou com a vitória por 2 a 1. Para piorar a situação deles, seus substitutos imediatos, Fabrício e Thiago Carleto têm ido muito bem nos treinamentos e sempre recebem elogios do comandante.

Não à toa, o lateral esquerdo já fala até que sente a titularidade cada vez mais perto dele. Com três assistências na temporada, ele se torna a grande sombra para Cortez, jogador que mais atuou com a camisa do São Paulo em 2012.

“Acho que sim (está chegando perto de ser titular) Os torcedores têm total direito de manifestar desejo, mas eu procuro ter a cabeça no lugar. Já mostrei que voltei diferente (do empréstimo do Fluminense), não sou mais a pessoa de antes, tenho condições de jogar. Todas as vezes que eu tenho recebido oportunidade eu mostro que eu tenho condição”, analisou o jogador.

Na última quinta-feira, o Datafolha também mostrou que Wellington e Denílson não foram tão bem. O segundo, em especial, fez apenas cinco desarmes durante todo o tempo em que esteve em campo. Na entrevista, Ney não quis particularizar críticas, mas admitiu que precisou fazer mudanças no meio de campo para tentar a vitória.

Dois nomes surgem como possíveis substitutos. Maicon, que já chegou a fazer dois jogos seguidos ao lado dos titulares, é o favorito. Mas Fabrício, que se recuperou de lesão e já começa a ficar 100% na sua forma física, corre por fora e tem a esperança de ganhar um espaço. Ir bem diante do Penapolense é essencial para ele alcançar o seu plano.

“Talvez eu tenha mais chance porque agora estou treinando melhor, estou bem fisicamente. Mas eles estão na vez deles ainda, porque eles são os titulares do São Paulo. Atualmente, Wellington e Ney são as opções do Ney e precisamos respeitar isso. As críticas são naturais, porque às vezes um jogador não está no dia dele. Mas estamos aqui para apoiar todos”, analisou.

O time que entrará em campo diante do Penapolense será o seguinte: Denis; João Filipe (Lucas Farias), Edson Silva, Rhodolfo e Carleto; Fabrício, Rodrigo Caio, Maicon e Ganso; Cañete e Ademílson.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*