Criticado por Kleber por “dançar balé”, Alex Silva supera atrito e valoriza rival

Alex Silva reconhece que a relação com Kleber, do Palmeiras, não era das melhores. Em 2008, o atacante, então defendendo o Cruzeiro, debochou do rival dizendo para ele “dançar balé”, respondendo à crítica do zagueiro, que acusou o Gladiador de abusar da violência e provocação em campo. O entrevero entre ambos foi superado.

Adversário de Kléber no clássico deste domingo, às 16h, no Morumbi, Alex Silva destaca o futebol brigador do oponente e acredita que o palmeirense evoluiu.

“Se perguntarem a qualquer zagueiro, todos vão dizer que o Kleber é um jogador difícil de ser marcado. Ele não se intimida, levanta, cai e vai para o jogo. Hoje ele está mais tranquilo. Com a cabeça no lugar. Serão três zagueiros com mais de 1,85m contra o Gladiador. Esperamos que o São Paulo possa ganhar”, analisa Alex Silva.

O fato de o São Paulo ter tido semana inteira de preparação para o jogo deste domingo é levado em conta por Alex Silva. O Palmeiras, em contrapartida, viajou à Teresina para derrotar o Comercial-PI, 2 a 1, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

“Isso traz vantagem sim. Uma equipe que faz longa viagem e tem menos tempo de descanso acaba sentindo em campo. No final do jogo a perna pesa. Acaba se arrastando. Mas não podemos pensar que o Palmeiras entrará em desvantagem”, comentou Alex.

Líder do Paulista, o Palmeiras soma 20 pontos, dois a mais que o São Paulo, quarto colocado.

Do Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*