Corinthians e Tricolor ‘dividem’ Jadson, que não enfrenta ex-clube em 2014

O São Paulo rescindiu o contrato de Jadson para ele acertar com o Corinthians, na negociação que fez com que Alexandre Pato se transferisse para o Morumbi. No entanto, o Tricolor ainda terá direitos sobre o seu agora ex-camisa 10.

Os direitos econômicos do meia serão divididos entre os dois rivais. Cada clube ficará com 50%. Jadson assinará por dois anos com o Timão e, em caso de uma venda, o São Paulo recebe metade do valor.

Além disso, foi feito um acordo de cavalheiros entre as partes. Como Pato chega ao Tricolor por empréstimo de duas temporadas, ele não poderá enfrentar o Corinthians nesse período. Em compensação, apesar de Jadson não ter mais vínculo federativo com seu ex-clube, o meia não jogará os Majestosos até o fim de 2014, quando terminaria o contrato entre Jadson e São Paulo.

Tudo foi acertado na noite desta quarta-feira e deve ser sacramentado durante esta quinta. Os jogadores ainda não assinaram os contratos. Pato nem foi para o Pacaembu na derrota para o Bragantino, por 2 a 0, na noite de quarta-feira. Jadson estava concentrado para o duelo do São Paulo com o Paulista nesta quinta-feira, mas já deixou a concentração.

O Corinthians bancará metade dos salários de Alexandre Pato no Tricolor, cerca de R$ 400 mil. O restante será pago pelo São Paulo. Além de não poder enfrentar o Timão, Pato não poderá jogar nenhuma partida do Paulistão. Isso porque já atuou mais de três vezes pelo Corinthians na competição e não pode defender outro clube. Com isso, ele deve estrear pelo Tricolor só no dia 12 de março, contra o CSA, em Alagoas, pela Copa do Brasil.

Fonte: Lance

Um comentário em “Corinthians e Tricolor ‘dividem’ Jadson, que não enfrenta ex-clube em 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*