Conmebol mantém suspensão de Luis Fabiano

O São Paulo foi informado na tarde desta terça-feira que Luis Fabiano não poderá pegar o The Strongest. A Conmebol (Confederação Sul-Americana) manteve a suspensão de quatro jogos imposta ao atacante e não concedeu efeito suspensivo, pedido pelo clube na última semana.

Desta maneira, o atacante não entra em campo nesta quinta-feira e nem contra o Atlético-MG, na última rodada do Grupo 3. Caso o São Paulo consiga avançar às oitavas de final, Luis Fabiano estaria suspenso ainda para o primeiro jogo do confronto.

Principal referência de ataque do clube paulista, o camisa 9 foi expulso após o término da partida contra o Arsenal (ARG), no Pacaembu, no último dia 7 de março. Na ocasião, o árbitro aplicou o cartão vermelho por uma suposta reclamação exagerada de Luis Fabiano.

A entidade sul-americana manteve a punição mínima neste caso, que é quatro jogos de suspensão. O São Paulo colheu provas e enviou ao Tribunal da Conmebol, tentando aliviar a situação do jogador e alterando o artigo em que ele seria enquadrado. Porém, a pena foi mantida.

Confira o comunicado na íntegra divulgado pelo São Paulo:

O São Paulo recebeu na tarde desta terça-feira (02) a decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol sobre o recurso apresentado pelo clube em defesa do atacante Luis Fabiano, expulso após o confronto com o Arsenal, no último dia 7 de março, no Pacaembu.

Apreciando o recurso, a Conmebol manteve a punição mínima imposta anteriormente, que suspende o atacante são-paulino por quatro partidas por suposta agressão verbal. A entidade máxima do futebol sul-americano avaliou todas as provas enviadas pelo clube brasileiro, mas entendeu que deveria prevalecer a informação da súmula.

Com a manutenção da suspensão, Luis Fabiano não poderá atuar contra o The Strongest, nesta quinta-feira, em La Paz. O camisa 9 também não enfrentará o Atlético Mineiro, no dia 17, e nem ficará à disposição no primeiro jogo das oitavas de final, caso o clube avance a próxima fase da competição.

2 comentários em “Conmebol mantém suspensão de Luis Fabiano

  1. Paulo Pontes, não temos na Conmebol histórico de suspensões de jogadores por 4 jogos. Para mim, essa é a maior prova de que o São Paulo está sendo prejudicado por essa gente suja que habita o futebol brasileiro e sul americano. Isso graças ao JJ insistir em permanecer no poder. Não que tenhamos que nos aliar à sujeira, mas tenho por mim que só a saída dele poderá minimizar os efeitos de arbitragens e decisões de tribunais nefastas ao São Paulo. E os dirigentes do clube sabem disso, tanto que se omitem sobre essas decisões ou quando muito soltam algum tipo de comunicado lacônico no site oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*