Com reservas, São Paulo pega Paulista e torce por rival para ter vaga

O São Paulo entra em campo para garantir sua classificação para o G-8 do Estadual. Distante 12 pontos da primeira equipe fora da zona de classificação, a equipe de Ney Franco precisa vencer o Paulista e torcer para que o Penapolense não vença o Corinthians. Os quatro times entram em campo às 22h desta quarta-feira.

Isso ainda sem contar que a equipe são-paulina tem um jogo a menos em relação a seus concorrentes por causa de uma mudança na tabela decorrente do cruzamento de datas com a Libertadores. Curiosamente, a responsabilidade de voltar para a casa com a vaga na mala será dos reservas.

De olho no clássico do próximo domingo, diante do Corinthians, e também na partida de quinta-feira, contra o The Strongest, Ney colocará em campo um time alternativo, apenas com Rogério Ceni e Luis Fabiano, suspenso da competição sul-americana.

“Se tiver competência pra vencer e os resultados favorecerem, a primeira parte já foi atingida. Mas estamos em estágio de cinco ou seis rodadas com objetivo de classificar em primeiro lugar pra levar sempre os confrontos finais na nossa casa. Isso faz a diferença”, analisou o treinador.

Aos seus reservas, Ney também já avisou que o Paulista é uma equipe que precisa ser respeitada e enfrentada com paciência. Além de ter a terceira melhor defesa entre as equipes do interior, o time tem em Marcelo Macedo a grande esperança de gols. Ele tem seis tentos nesta competição.

“Adversário faz o segundo jogo consecutivo em casa e tem o atacante Marcelo que tem que tomar cuidado. Tem o Renato, que trabalhou em vários clubes, inclusive comigo no Botafogo. E ainda tem um goleiro formado pelo São Paulo”, destacou Ney.

O comandante se refere a Richard. Treinando por 12 anos no São Paulo, o goleiro admite que será uma sensação diferente enfrentar o Tricolor da capital.

“Vai ser diferente. Passei 12 anos lá no São Paulo, mas hoje defendo a camisa do Paulista, que foi quem me deu a oportunidade de disputar o Paulistão. Mas o São Paulo conta com o Rogério (Ceni), que é um ídolo, que tem uma história e merece todos os méritos. Ele tem de tempo de São Paulo praticamente o que eu tenho de idade. Eu ainda tenho muito a aprender. É um ídolo”, destacou o goleiro  ao site oficial.

FICHA TÉCNICA
PAULISTA x SÃO PAULO

Local: Jayme Cintra, Jundiaí (SP)
Data: 27/3/2013, quarta-feira
Horário: às 22h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Maiza Teles Paiva

PAULISTA: Richard; Thales, Dráusio e Lázaro; Rodolfo Testoni, Matheus, Kasado, Chiquinho e Renato Ribeiro; Cassiano Bodini e Marcelo Macedo.
Técnico: Giba

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington e Fabrício; Cañete, Douglas e Wallyson; Luis Fabiano.
Técnico: Ney Franco

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*