Com recorde frustrado, Ceni lamenta derrota e pede luta no jogo de volta

Na meta São Paulina há 16 anos, Rogério Ceni igualou nesta quarta-feira a marca de 1116 jogos de Pelé com a camisa de um clube brasileiro. A noite festiva, no entanto, ficará marcada negativamente pela derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta, em pleno Morumbi, na partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Sem jogar a toalha, o goleiro lamenta a má atuação do time diante de sua torcida e pede que a equipe batalhe para reverter a desvantagem na partida de volta, na próxima quarta-feira.

“Hoje não tivemos o mesmo nível dos últimos jogos. Agora tem de lutar. Com 3 a 1 é difícil, mas futebol é assim. Ninguém esperava que eles fizessem 3 a 1 aqui, mas temos que trabalhar para vencer lá”, disse Ceni na saída do gramado.

São Paulo e Ponte Preta voltam a se enfrentar na próxima quarta, no Estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim – o estádio Moisés Lucarelli foi vetado pela Conmebol por não comportar 20 mil torcedores.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*