Com “estilo da Libertadores”, Fabrício comemora estreia como titular

Nesta quinta-feira, diante do Arsenal, no Pacaembu, Fabrício fará a sua estreia como jogador titular do São Paulo em 2013. Apesar de já sair jogando no último domingo, diante do Penapolense, essa será a primeira vez em que o atleta terá uma chance com o restante do time também principal. E o volante comemora que essa chance venha justamente na Libertadores.

Classificando a competição sul-americana como uma das mais difíceis, o atleta avisa que as disputas e entradas são mais fortes do que os times brasileiros estão acostumados quando a competição é nacional.

Além de ter sido relacionado para o banco de reservas na última partida do São Paulo na competição, Fabrício já foi até vice-campeão defendendo o Cruzeiro, que saiu derrotado pelo Estudiantes, que tinha Verón no comando.

“Libertadores é mais gostoso para quem gosta de jogada mais firme, pois favorece esse estilo de jogo, mas na medida certa. Não pode ter exageros para não se complicar nos cartões. Já joguei essa competição e com certeza será um jogo muito bom para todos nós”, disse ele ao site oficial do São Paulo.

Ney Franco voltou a falar que o São Paulo precisa vencer o Arsenal de Sarandí a todo custo. A partida, que está marcada para começar às 19h15 no Estádio do Pacaembu, é uma “despedida” da equipe no torneio, já que os próximos dois encontros serão disputados fora do Brasil.

Fabrício reconhece a importância da vitória e diz que o triunfo estará diretamente ligado à classificação que é tão almejada pelos são-paulinos para a fase do mata-mata.

“Espero que eu possa ajudar a equipe a conseguir os três pontos. Será um jogo fundamental para o time conseguir a classificação, precisamos da vitória a qualquer custo. Jogar como titular em uma circunstância como essa é muito motivador”, afirmou.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*