Colorados destacam marcação para parar o São Paulo

Apesar de não sofrer grandes riscos, o Inter foi pressionado pelo São Paulo no segundo tempo. Deu a bola para o adversário, já que vencia por 1 a 0, e se abnegou a marcar forte os paulistas. Esse poder de impedir a criação do rival foi um dos pontos mais lembrados ao final da partida.

Autor do gol após ficar sem jogar desde o dia 13 de maio, D’Alessandro reclamou um pouco da postura colorada, mas elogiou a entrega de todos e afirmou que o São Paulo obrigou o Inter a se fixar em seu campo.

 

– Estou feliz com o retorno, estamos felizes. Fizemos um grande jogo, sofremos sufoco no segundo tempo e recuamos até demais. Eles nos obrigaram a recuar, nos complicaram com um meia a mais, mas conseguimos segurar o resultado – esclareceu D’Ale.

Muriel salvou o Inter em uma situação no primeiro tempo, em chance clara de Fernandinho. Depois, fez intervenções pontuais. Na segunda etapa, teve apenas de segurar chute de Luis Fabiano, sem força.

– Jogo de equipes grandes, nossa equipe está de parabéns por suportar até o final a pressão deles – declarou Elton.

– Sabíamos que seria difícil parar o Luis Fabiano. Está todo mundo de parabéns pelo sistema de marcação – avaliou Rodrigo Moledo.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*