Clube dos 13 contraria aliado São Paulo e diz que Taça das Bolinhas é do Fla

O São Paulo, maior aliado da atual gestão do Clube dos 13, entende que é dono legítimo da Taça das Bolinhas. A entidade que representa os clubes e negocia os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, no entanto, entende que o Flamengo merece receber a honraria.

A posição atual do C13 tem por base uma assembléia realizada em 1997, quando o Sport ingressou na entidade. Na ocasião, o Flamengo exigiu ser reconhecido como único campeão da Copa União de 1987 (equivalente ao Brasileirão) para permitir a entrada dos pernambucanos.

O caso foi parar na assembléia geral do Clube dos 13 e um acordo nos bastidores permitiu que ambos fossem reconhecidos, por unanimidade, como campeões nacionais do referido ano. A posição do C13 foi encaminhada à CBF, que só mudou sua postura histórica sobre o caso na última segunda-feira, ao reconhecer que o Flamengo também é campeão.

O problema é que a Taça das Bolinhas, entregue na semana passada pela Caixa Econômica ao São Paulo, voltou a ficar em jogo. O prêmio foi prometido definitivamente ao clube que vencesse o Brasileirão três vezes consecutivas ou cinco vezes alternadas.

Como a CBF, até então, nunca havia reconhecido o título dos cariocas em 1987, o São Paulo exigiu a posse do trofeu. O Clube dos 13, no entanto, discorda dos dirigentes tricolores.

“Se a regra estabelecia que a taça tinha de ficar com quem vencesse cinco vezes alternadamente, então é evidente que o Flamengo tem o direito. A CBF demorou 14 anos para reconhecer o que o Clube dos 13 já havia reconhecido”, disse Koff.

A polêmica, inclusive, ganhou mais um capítulo polêmico nesta terça. O juiz Gustavo Quintanilha Telles de Menezes, da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro, determinou que o São Paulo entregue a Taça das Bolinhas ao Flamengo em 24 horas. O diretor jurídico do time do Morumbi, Kalil Rocha Abdala, já admitiu que pode ter de cumprir a determinação.

Do Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*