Chateado com reserva, Luis Fabiano diz que vive pior momento da carreira

O atacante Luis Fabiano foi pela segunda vez seguida reserva no empate do São Paulo por 1 a 1 com o Botafogo, na noite deste domingo, e saiu de campo com discurso desanimado. Lançado a campo na segunda etapa, no lugar de Aloísio – que tomou a vaga no time titular – o camisa 9 deixou o gramado admitindo estar chateado e ainda disse que vive o pior momento da carreira.

“Meu momento é o pior da minha carreira, nunca fiquei no banco do jeito que estou ficando”, disse o camisa 9, após avaliar a própria situação. “Eu aprendi a perceber certas coisas ao longo da carreira. Sei que hoje não estou sendo usado, aproveitado, mas tenho minha obrigação de treinar e fazer minha parte. Tentar ser o melhor possível para ajudar. Se hoje não estou jogando, preciso respeitar as decisões. Eu percebo algumas coisas. Ficar no banco já é motivo para ficar chateado, ninguém gosta, mas tem que respeitar”, falou o jogador, àRádio Transamérica, repetindo algumas vezes que “percebe algumas coisas”.

Luis Fabiano ainda disse que não tem conversado com Muricy Ramalho sobre o momento, mas prega respeito às decisões da comissão técnica.

“Não converso, e ele não tem que falar nada para mim. Treinador manda e jogador respeita as decisões. Ele não tem que dar explicação para ninguém. É o jeito dele e tem que respeitar”, disse o atacante.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “Chateado com reserva, Luis Fabiano diz que vive pior momento da carreira

  1. Acostumado a fazer birrinha, exigir e prorrogar contrato com aumento de salário enquanto seus colegas trabalhavam na Europa e Ásia, o pipoca agora está de bico. Fica na tua cara, pois seu eu mandasse alguma coisa no Morumbi, você teria pego o mesmo caminho de Lúcio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*