Ceni relembra melhor momento com Muricy e espera recorde para o técnico

O último jogo do Campeonato Brasileiro de 2008, que garantiu o tricampeonato ao São Paulo, foi escolhido por Rogério Ceni como o momento mais marcante de sua parceria com o técnico Muricy Ramalho, ao lado do qual o capitão completará 300 jogos nesta noite, contra o Osasco Audax. Em entrevista ao LANCE!Net, Ceni relembrou o jogo contra o Goiás, a vitória por 1 a 0 que garantiu o caneco.

– O jogo que mais marcou minha carreira junto com o Muricy foi o da conquista do tricampeonato brasileiro, contra o Goiás. Estávamos muito próximos de conquistar o título, mas taticamente ele armou o time e definiu as funções para marcar o Paulo Baier. Teve uma participação muito importante nesta partida. É claro, que dentre tantas outras que
vivemos juntos – afirmou Rogério.

Rogério Ceni tem uma relação de muito respeito com Muricy e espera que o técnico tenha longa vida no São Paulo. Ele acredita que Muricy pode superar o recorde que hoje pertence a Vicente Feola, de comandante que mais dirigiu o São Paulo na história. São 528, contra 400 de Muricy até agora.

– Espero que ele consiga se tornar o técnico que mais vezes comandou o São Paulo ao longo da história. Ele não está longe disso. É muito possível que ele consiga – declarou o capitão.

Muricy tem contrato até o fim de 2015 com o São Paulo e pode alcançar o feito se permanecer até lá. Ele disse que pretende se aposentar depois. Não sem ter marcado a carreira de Ceni.

– Ele tem um significado muito especial na minha carreira já que com ele conquistei meu primeiro título como titular do São Paulo, em 1994, que foi a Copa Conmebol. E também pelo incentivo muito grande, a ajuda no início das cobranças de falta, o apoio ao que até então era uma novidade. Ele teve muita personalidade para me auxiliar e para ratificar a posição como cobrador de faltas do São Paulo. Isso foi muito especial – disse o goleiro.

– O que facilita meu trabalho com ele é o conhecimento de longa data, de muitos anos. A parte motivacional. Ele sabe que eu tento sempre fazer o melhor nesse sentido para que todos entrem fortalecidos dentro do campo. Então existe essa facilidade, mas muito mais pelo convívio e pela relação de muitos anos – completou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*