Cañete volta ao SP, inicia tratamento e deverá ser usado no Paulistão

O meia argentino Marcelo Cañete retornou ao São Paulo e não cumprirá o fim do empréstimo à Portuguesa. O vínculo, que se estenderia até o fim do ano, foi encerrado de forma antecipada por conta de uma lesão no púbis, que o tirou de combate pelo resto da temporada. Cañete agora começará tratamento e já ouviu da diretoria que deverá ter novas chances no clube no início de 2014.

O São Paulo não confirma, mas mantém a ideia de disputar a primeira parte do Paulistão com um time B. A iniciativa ainda depende do calendário do clube para 2014: se vencer a Sul-Americana, estará na primeira fase da Libertadores do ano que vem e jogará pelo torneio continental ainda no fim de janeiro. Mesmo assim, diretoria e comissão técnica se preparam para utilizar no estadual atletas que devem ter menos chances durante o ano. E Cañete é um deles.

O argentino já ouviu os primeiros relatos de que não deve ouvir propostas de empréstimo para os primeiros meses de 2014, pois deverá ser aproveitado ao lado de outros atletas que não têm jogado com frequência neste fim de ano.

Segundo primeira análise do departamento médico do São Paulo, feita na última quinta-feira, o problema de Cañete no púbis não é grave e demanda cerca de um mês de tratamento para plena recuperação. O meia iniciará nesta semana os trabalhos de fisioterapia no Reffis do CT da Barra Funda.

Contratado por 3 milhões de dólares em julho de 2011, a revelação do Boca Juniors (ARG), que se destacou pela Universidad Católica (CHI), fez poucos jogos até hoje pelo São Paulo. O argentino sofreu com lesões quando chegou ao Brasil, teve problema grave no joelho direito e precisou passar por cirugia. Desde então tem problemas para recuperar o espaço.

A Portuguesa também deve cerca de dois salários a Cañete, do período do empréstimo, em quantia que chega a cerca de R$ 200 mil. As pendências deverão ser acertadas nas próximas semanas.

Hoje aos 23 anos, Marcelo Cañete chegou a ser comparado a Juan Román Riquelme quando revelado pelo Boca Juniors. O próprio craque que vestiu a camisa da seleção argentina chegou a elegê-lo como sucessor. Agora, de volta ao meio de campo do São Paulo, Cañete encontrará concorrência intensa: além do titular Paulo Henrique Ganso, Jadson e Lucas Evangelista também são opções para a posição. Roni, que se destaca emprestado ao Goiás, também deverá retornar no início de 2014.

Fonte: Uol

3 comentários em “Cañete volta ao SP, inicia tratamento e deverá ser usado no Paulistão

  1. ele deixa a desejar, jaz dois anos que esta no spfc e não apresentou resultado, nem mesmo emprestado, não teve um bom desempenho, por outro lado, não deveria ter sido dispensado porque ainda é considerado uma futuro craque e foi atrapalhado por sua frequentes lesões, jogar no começo do ano com o time b para obter uma sequencia de jogos é fundamentoal para ele voltar a ter confiança em seu futebol

  2. ele deixa a desejar, jaz dois anos que esta no spfc e não apresentou resultado, nem mesmo emprestado, não teve um bom desempenho, por outro lado, não deveria ter sido dispensado porque ainda é considerado uma futuro craque e foi atrapalhado por sua frequentes lesões, jogar no começo do ano com o time b para obter uma sequencia de jogos é fundamentoal para ele voltar a ter confiança em seu futebol

  3. Concordo com uma nova chance a Canete.Entretanto, testar jogadores com outros reservas e não com os titulares com os quais, em tese, ele teria que se entrosar (afinal, futebol é coletivo) pode passar uma falsa impressão do potencial do jogador.Por outro lado, Canete não pode ser pior que Lucas Evangelista,sendo assim é válido testá-lo novamente. Se Evangelista pode ter várias chances, porque não Canete e outros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*