Cañete se destaca em jogo treino e está perto de ganhar nova chance

cañete019

Quando o elenco do São Paulo se reapresentou no início do ano, o técnico Muricy Ramalho pediu para a diretoria uma nova chance ao meia argentino Marcelo Cañete, que havia sido deixado de lado por Ney Franco e acabou devolvido antes do final do empréstimo pela Portuguesa. Após elogiar a postura do atleta nos treinamentos, o gringo caiu no esquecimento. Depois de ter sido utilizado no segundo tempo do jogo de estreia, contra o Bragantino, não teve mais chances. Há quatro partidas ele não é nem relacionado.

Questionado sobre o assunto, Muricy deixou claro que a oportunidade só depende do jogador, que caiu de rendimento e agora voltou a mostrar vontade nos treinamentos.

– Cada técnico tem uma filosofia de trabalho. Na reapresentação ele não ia fazer parte do grupo e a gente deu essa oportunidade. Ele começou até bem e depois caiu. Comigo, o dia a dia é muito importante. Não sou de conversar e nem vou ficar paparicando jogador. O cara aqui tem de treinar duro, tem de fazer o seu melhor, se comportar bem, afinal é um atleta profissional. A gente percebe que ele está lutando novamente e daqui a pouco pode ganhar uma oportunidade – afirmou o treinador.

Na tarde desta sexta-feira, Cañete se destacou e marcou um dos gols da vitória de 4 a 0 da equipe reserva sobre o time sub-20 no jogo-treino realizado no campo principal do CT da Barra Funda. Ele formou o trio de ataque com Ademilson e Alexandre Pato, que também deixou sua marca. Wellington e Lucas Evangelista anotaram os outros tentos.

Jogando pelo lado direito do ataque, Cañete arriscou jogadas individuais, deu bons passes, mas também cometeu erros infantis. No entanto, mostrou iniciativa e procurou jogo o tempo todo. E, como Muricy Ramalho sofre com a queda de rendimento de Paulo Henrique Ganso, o argentino pode virar uma alternativa.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Cañete se destaca em jogo treino e está perto de ganhar nova chance

  1. O técnico tem tanta coerência que diz poder dar nova oportunidade como armador a um jogador que vem treinando pela ponta com jogadas de linha de fundo, e pior, contra o fortíssimo Sub 20. Esse argentino, vai ser outro que quando for embora vai mostrar futebol em outro clube qualquer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*