Candidato da oposição, Kalil põe superávit do São Paulo sob suspeita

No meio desta semana, a diretoria do São Paulo publicou balanço aprovado pelo Conselho Deliberativo e registrou superávit de R$ 23,5 milhões. Os números, no entanto, foram colocados em xeque por Kalil Rocha Abdalla, líder da oposição, em entrevista ao LANCE!.

– É muito grave, precisam apurar este superávit maquiado. Não é verdadeiro. Incluíram R$ 28 milhões de antecipação. Pela minha análise, o balanço deveria apresentar déficit de cerca de R$ 4 milhões – denunciou o advogado.

Procurado pela reportagem, o diretor financeiro Osvaldo Vieira de Abreu negou qualquer irregularidade nos números apresentados e criticou a maneira como Kalil apresentou a denúncia. Segundo Osvaldo, o candidato esteve presente na reunião de aprovação do balanço e não se pronunciou.

– Ele não sabe dessas coisas, ele é bom advogado. Ele esteve presente na reunião, pelo menos eu vi. Qualquer adiantamento que se faz, não entra em resultado. Imagine que você tem uma empresa, precisa de dinheiro do banco e faz um adiantamento em cima de uma venda. Vai jogar no lucro? Jamais!. O lucro é sobre a venda – disse.

Diretor explica queda em cotas de televisão

Em 2012, ano em que negociou novo contrato de cotas de televisão, o São Paulo arrecadou mais de R$ 112 milhões em direitos de transmissão. Já em 2013, o balanço mostra R$ 72,3 milhões no tópico.

Segundo o diretor financeiro do clube, Osvaldo Vieira de Abreu, a diferença não é uma queda dos valores pagos pelas emissoras de televisão, mas sim o reflexo do bônus recebido pela formulação dos novos contratos há dois anos.

– Não se trata de uma queda, é o mesmo valor assinado. A diferença é que em 2012 recebemos espécie de luvas por termos assinado novo acordo com as emissoras. É claro que os números continuam distantes do que Flamengo e Corinthians recebem, mas é que eles negociaram antes e separado do resto dos clubes – explicou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*