Campeão em 2010, Muricy lamenta crise no Flu, mas confia em salvação

Três anos depois de levar o Fluminense à conquista do Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho vai reencontrar o ex-clube em uma situação bastante diferente, neste domingo, às 17h, no Maracanã. Depois de tirar o São Paulo da zona do rebaixamento, o treinador acredita que o Tricolor carioca ainda tem boas chances de fugir da degola.

– Nós lamentamos porque tempos grandes amigos na rouparia, segurança, diretoria. Sinto muito a situação que o clube está. Agora é um outro amigo dirigindo, o (Dorival) Júnior, que começou comigo como treinador. Se olharmos com carinho os jogos que o Fluminense ainda vai fazer, acho que tem mais chances de sair do que outros – afirmou.

Apesar do título nacional, Muricy não seguiu por um longo período no comando do Fluminense. Em março de 2011, o treinador pediu demissão alegando que não conseguiu melhorar a estrutura física do clube. Naquela época, os resultados também não agradavam. A equipe havia começado muito mal a Taça Libertadores, grande alvo da diretoria na temporada.

Muricy acredita que as seguidas negociações de jogadores e as lesões de atletas importantes, como o centroavante Fred, foram determinantes para o Fluminense despencar no Brasileirão. O precisa de uma boa sequência de vitórias nas últimas quatro rodadas para conseguir evitar a degola.

– Tive a felicidade de ser campeão depois de muitos anos. É um time muito bom, mas que passou por um momento ruim, com muitas lesões. Além disso, teve de vender alguns. Os times não têm reposição. Com o Fluminense, não foi diferente – completou o comandante.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*