Câmera de segurança mostra emboscada a santistas na Radial Leste

Imagens da câmera de segurança de uma empresa na Vila Aricanduva mostram o momento exato em que são-paulinos estacionam dois veículos na Rua General Souza Neto, uma travessa da Radial Leste, ficam de tocaia e atacam um grupo de santistas. A maioria deles conseguiu fugir, mas Márcio Barreto de Toledo, de 34 anos, teria sido espancado e morto em um ponto de ônibus – não coberto pela câmera – na sequência da ação. As cenas foram vinculadas no SPTV, da TV Globo.

Dois carros, um preto e um branco, foram usados pelos agressores, que fizeram o ataque por volta das 20h30 do domingo. A ação durou cerca de um minuto. O caso está sendo investigado pelo 21º Distrito Policial, na Vila Matilde, mas seguirá para o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) nos próximos dias. Uma câmera da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) localizada em um ponto alto da Radial leste também poderá ajudar no reconhecimento dos assassinos.

O santista Márcio Barreto de Toledo, de 34 anos e membro da Torcida Jovem do Santos, foi atacado por cerca de 15 são-paulinos quando esperava ônibus na Av. Conde de Frontin, na Radial Leste. Espancado a socos, pontapés e golpes com barras de ferro, Toledo foi levado em estado grave ao Hospital do Tatuapé, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Outros dois torcedores foram atacados pelo grupo são-paulino, mas conseguiram escapar da morte. Durante a noite de domingo e madrugada de segunda-feira, santistas lamentaram ainda em redes sociais a morte de um deles, de nome Lucas e apenas 15 anos. Um diretor da Torcida Jovem, no entanto, afirmou ao LANCE!Net que “o menor de 16 ou 17 anos chegou a ser hospitalizado depois do ataque, mas já estava em sua casa”.

Diante da repercussão do caso nas redes sociais, nas quais Lucas era apontado como portador de deficiência e com risco de morte, o pai do garoto entrou em contato com a quadra da organizada para tranquilizá-los. Segundo a torcida, Lucas teve escoriações na cabeça, mas conseguiu fugir e foi levado a um hospital da Zona Leste pelos pais depois de chegar em casa.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*