C13: dois clubes fechados. Três tendem a sair

O Clube dos 13 conta com a confirmação de mais dois clubes, Sport e Guarani, no processo de licitação dos direitos de TV do Brasileiro para o triênio 2012-14. São oito, no total. O presidente do Sport, Gustavo Dubex, disse ao LANCE! que não abre mão de toda a análise técnica feita pelo C13. O edital foi lançado ontem e a abertura dos envelopes ocorre no dia 11 de março.

– Evidentemente, respeitamos a posição dos clubes (dissidentes). Mas até deve ser feito um apelo para serenar os ânimos – argumentou.

O Bugre, através do diretor de marketing Mercival Piron, fala em “deixar de lado individualidades”.

Por outro lado, três clubes se mostraram propensos a romper com o C13, pensando em vantagens nas tratativas diretas com as emissoras. Caso isso se confirme, serão nove agindo em bloco ou por conta própria pelos direitos de TV.

Presidente do Grêmio, Paulo Odone revelou que conversou sobre o tema com Andrés na viagem com a Seleção Brasileira a Paris (FRA). Ele recebeu ontem a TV Globo.

– Desde a viagem Andrés já tinha falado de sua decisão. Há uma tendência, nosso clube está sensível aos argumentos da emissora – disse.

O Cruzeiro quer entender melhor qual o ônus da desfiliação, uma vez que fez um empréstimo via C13. O Vitória deve confirmar nos próximos dias a dissidência.

Abaixo a situação dos clubes:

Fechados com o C13: Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Guarani, Internacional, Santos, São Paulo e Sport

Dissidentes: Botafogo, Coritiba, Flamengo, Fluminense e Vasco

Indecisos: Goiás, Palmeiras e Portuguesa

Tendência a sair: Cruzeiro, Grêmio e Vitória

Rompido: Corinthians

Do Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*