Atlético-MG atropela São Paulo e avança às semifinais da Copinha

Depois de passar com facilidade pelo Flamengo-SP, espécie de Corinthians B na Copa São Paulo de juniores, o Atlético-MG repetiu o bom futebol contra o São Paulo. A equipe alvinegra passou facilmente pela formação tricolor na Arena Barueri, avançando com uma goleada por 5 a 1.

O resultado colocou o time dirigido por Rogério Micale nas semifinais da competição. O adversário será o Santos, atual campeão, em partida com horário a ser confirmado pela Federação Paulista de Futebol. O confronto provavelmente acontecerá na próxima quarta-feira.

Diante do São Paulo, não demorou para que a superioridade do Atlético-MG ficasse clara. Aos dez minutos, Nolasco ficou com sobra na meia-lua, bateu colocado e contou com a colaboração do goleiro Jairo para abrir o placar. Aos 29, foi Carlos quem arriscou de fora da área, acertando um bom chute no canto esquerdo.

O próprio Carlos perdeu uma oportunidade muito clara, ainda na primeira etapa, e a equipe paulista deu sinal de vida com um gol de Ty, aos cinco minutos do segundo tempo. Houve até alguma pressão até que o time de Belo Horizonte voltasse a se impor no jogo.

Aos 21, Yago apareceu após cobrança de escanteio para ampliar a vantagem. Dez minutos depois, Dodô aproveitou vacilo tricolor e lançou Eduardo, estabelecendo a goleada. Ainda houve tempo para mais uma bola na rede, aos 38, em jogada de Marquinhos completada por Dodô.

 

Nota do PP: Mais um “fantástico” resultado do pessoal de Cotia.

12 comentários em “Atlético-MG atropela São Paulo e avança às semifinais da Copinha

  1. Primeira pergunta, porque perguntar não ofende: Nós temos um time sub-20? Se temos, porque escalaram o sub-17. Se não temos, é yuma vergonha, pois até o Taboão montou um na base da peneira. Segunda pergunta: Quem contrata os treinadores para essas categorias? Se é o tal dfe Geraldo, está explica a falta de resultados…muita mutreta, muitos apaniguados e zero de competência. Terceira pergunta: Quem indicou o tal de Lucão para treinar com os profissionais? Só pode ser o empresário dele… porque o cara é muiiiiito grosso. Lento, ruim po baixo e ruim por cima. Quarta pergunta: Quem é o treinador de goleiros? resposta é o Carlos Roberto “Frango”, de longa e vencedora história no São Paulo. O menino não tem culpa, o culpado é quem o escalou…rapaziada, exceto Boschilia e Auro… é melhor desistir e procurar alguma outra coisa para fazer… Para terminar, pelo investimento, o nosso resort continua sendo o samba de uma nota só: Lucas Marcelinho e nada mais!

  2. Também vou meter minha colher .
    Para alguém se formar, é preciso bons professores. O que faz o São Paulo?
    Laça algum “amigo” ou testa de ferro e o põe para treinar os garotos. Com todo respeito ao homem Menta, não dá para tê-lo como professor desses meninos. Alí na base é que o treinador tem que entender muuuito de futebol; alí, também, é que o “professô” precisa ser muito firme, muito duro diria, para que os meninos se acostumassem a obeder ordens e não fazerem o que quiserem em campo.
    Desde o primeiro jogo tenho afirmado aqui que a zaga do SP é ridícula. Só não comentei antes do goleiro porque não chegaram bolas para dar-nos noção de sua situação técnica (por sinal péssima).
    A pergunta é: como levaram o tal Lucas Silva para treinar entre os profissionais, inclusive jogando na famosa excursão do ano passado, jogando o que esse menino joga? Com certeza, aí tem . . .
    É lógico que os meninos não têm culpa. Culpa tem quem os treina e coloca em campo. Pergunto mais: quem é o responsável final para escolher os garotos que vão treinar na base do SP, que foi capaz de dispensar o volante Eduardo, que ontem foi o melhor jogador em campo jogando pelo Atlético, e segurou o tal do Adelino que todos nós conhecemos? Gera dúvidas? . . .
    Do time da copinha nem tudo está perdido. Acredito que o Boschilia esteja pronto para assumir maior responsabilidade; que o Evandro, o Auro e o Inácio têm futuro. Agora os outros todos que vimos jogar, é melhor, como comentou um colega abaixo, se esforçarem mais nos estudos e não perderem tempo tentando ser jogador de futebol, porque não é suas praia.
    Quanto ao JJ ou quem o substituir, melhor rever a política de formação de jogadores na base; torna-la mais profissional (como formadores), menos ingerência de “puxas-sacos”; menos apadrinhados “encostados” lá; menos empresários circulando. Quem sabe para mais uns dois ou três anos, tenhamos algum resultado melhor.
    Ah, e o Atlético Mineiro, também, não é nenhum bixo papão; afinal, dos cinco gols marcados, cinco foram por falhas individuais dos meninos do SP.

  3. A maioria dos comentários – respeitando a opinião de quem os fez – estão confundindo as coisas. SIM, existe problema na administração – isso nem precisa comentar – refletindo em Cotia também. SIM, existe problema no profissional.
    Não podemos é ter esperanças NESTE ANO, após o Muricy dizer que vai subir 3 atletas sub-17, que estes serão os salvadores da pátria.
    O time sub-17 é uma boa base, e como o próprio nome diz: BASE. E nem todos ali serão craques, ou destaques, ou até mesmo jogar no profissional do SP.
    Então é muita picuinha ficar descontando na meninada os erros ocorridos nestes anos no profissional. Lá também existe erros? SIM. Mas não são os culpados. Sub-17 para sub-20 é uma boa diferença. Dois ou três anos fazem diferença (para garotos).

  4. Essa é a nossa base… fraca, fraca!!! Para ganhar um título perde 15, assim tem sido!!

    Ali só se salvam dois: o Araruna e o Boschilla… o resto é melhor estudar!!!!

  5. HUMILHANTE
    So isso, na precisa dizer nada mais.
    Mas vou dizer, uma zaga mascarada que quer sempre sair jogando
    com toquinhos sutis, dois zagueiros grossos, que se acham,
    um goleiro que nao segue as tradicoes,
    e uma KOTIA, que apenas e bonita e so forma gente metida.
    Tem muita coisa errada naquele antro, deveriam mudar a finalidade
    principal a de formacao de atletas, para um clube de campo ou coisa parecida.
    Parabens jj e companhia mais uma frustracao para os torcedores.
    Timinho made en kotia, nao vira, nao tem raca e nao tem pedigree,
    so tem mala, vao se salvar alguns e claro, toda regra tem excecao,
    mas e mesmo HUMILHANTE.
    Esperei pra ver, e vi, e desanimador, mesmo sendo um sub 17, falado e decantado como a melhor geracao dessa assombrosa KOTIA, e uma vergonha
    perder como perdeu.
    HUMILHANTE.

  6. Cotia é o maior atestado da senilidade ou da incompetência de Juvenal. A ideia é boa, mas o desempenho, talvez por conta da famigerada ingerencia de empresários e de aliados políticos ali encostados, o desempenho está abaixo do que se conseguia antes do investimento.
    Sem o investimento, o time já conquistou a copinha três vezes e em alguns anos teve dois ou três atletas promovidos. E se formos lembrar o título da Conmebol, aí o desempenho de Cotia beira o ridículo: Ceni, Caio, Bordon, Pavão, Denilson…
    Pensando bem, o limite do ridículo foi passado no último ano, com a contratação de um time para disputar a copinha.

    • Se vc pensa assim então é besteira subir dois ou três para o profissional, se não conseguem jogar contra sub 20, vai fazer o que no profissional, melhor deixar onde estão.

      • Se ainda não estão prontos pra jogar, melhor manter lá até estarem mesmo. Não vejo nenhum sentido nessa cobrança desesperada por 3 jogadores promovidos por ano e títulos atrás de títulos. Derrota ajuda muito a amadurecer também, estamos falando de moleques de 17 anos e treinadores que estão começando, ou seja, falhas VÃO acontecer.
        Dá raiva da torcida do São Paulo. Muita raiva. Uma torcida que teve a capacidade de expulsar um Kaká jamais deveria ter coragem de falar um A outra vez na vida de qualquer moleque.

        • Bela mentalidade,
          o torcedor que é o problema sempre,
          nunca quem nos dirige.
          O torcedor errou uma vez com o Kaka,
          e e sempre lembrado por isso,
          o pipokkka é um mico, e nos o engulimos,
          essa kotia so produz malas,
          ainda briga por jogadores tipo foguete e adelino,
          e temos que falar bem,
          ??? do que ???
          transformem aquilo la como clube de campo
          ou algo parecido,
          porque como formacao de atletas,
          ja era.
          Outros times nem tem estrutura parecida,
          e conseguem os mesmos resultados.

          • A diretoria é sim um problema. Se perderam, não renovaram, não inovaram. Por ser centralizadora, esta diretoria fechou os ouvidos e os olhos para evolução.
            Entretanto, o torcedor também sua culpa. De que adianta ficar cobrando garotos de 16/17 anos por causa dos profissionais? Isso é bobagem.
            O propósito deste campeonato era de revelar jogadores para os clubes, agora é para encher a carteira de empresários. E a principal função de cotia é formar atletas, independente se vai jogar ou não no SP. É assim para todos os clubes que tem centro de formação de atleta, que tiveram subsídios do governos.

      • Subindo os destaques para o profissional, começarão a ganhar bagagem, malícia, etc. e assim, amadurecendo mais rápido para quando for jogar de igual para igual mais rápido. Talento, um jogador nunca perderá ou ganhará, mas experiência sim.
        E outra coisa: Subindo estes jogadores, não quer dizer que serão titulares ou os salvadores, porque podem até não jogar este ano no profissional, salvo raras exceções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*