Atacantes aprovam ‘quarteto ofensivo’ do São Paulo; Rogério Ceni faz alerta

O São Paulo entrou em campo na noite dessa quarta-feira com uma formação bastante ofensiva. Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato, Osvaldo e Luis Fabiano comandaram a goleada por 3 a 0 para cima do CSA, no Morumbi, em jogo válido pela Copa do Brasil. Após o resultado que garantiu a classificação do Tricolor à próxima fase do torneio, os jogadores analisaram o esquema tático adotado por Muricy Ramalho.

Os atacantes do São Paulo elogiaram a ofensividade da equipe. Alexandre Pato, autor de um dos gols contra os alagoanos, destacou que esta foi a primeira vez em que os quatro atletas atuaram juntos. Luis Fabiano, que deixou dois tentos nesta quarta-feira, cobrou melhora na marcação, mas exaltou o potencial do quarteto. Osvaldo, por fim, destacou os gols marcados por Fabuloso já no fim do jogo.

– Acho que tudo vem com entrosamento, independente do time que estiver do outro lado. É o primeiro jogo que joga todo mundo junto. Agora é trabalhar – comentou Pato.

– A gente tem trabalhado para ter um entrosamento legal e ajudar o São Paulo. Precisamos melhorar na hora de ajudar a marcação, mas são quatro caras de muita qualidade e com qualidade no campo as coisas podem dar certo – disse Fabuloso.

– Foi bom. A equipe começou muito bem e acabou deixando cair o ritmo. Mas depois dos 30 do segundo tempo colocamos o ritmo de novo e conseguimos fazer os gols – afirmou Osvaldo.

O OLHAR DO CAPITÃO

O goleiro e capitão Rogério Ceni, ao ser questionado sobre a eficiência do quarteto ofensivo, mostrou-se preocupado. Apesar de comemorar o resultado positivo e a boa atuação dos jogadores de frente, ele alertou para a necessidade de manter o bom ritmo nos próximos duelos.

– Foi um jogo que nós dominamos. Era imaginado isso. O pato mostrou bastante movimentação, o Luis fazendo seus gols de artilheiro, Osvaldo pelos lados e Ganso armando. Só é difícil manter esse ritmo. Todo mundo saiu contente, torcedor em bom número. O Muricy agora precisa estudar certinho o que vai ser melhor para o dia 20 – fazendo referência à estreia do São Paulo no Brasileirão, contra o Botafogo, no Morumbi – declarou Ceni, que pouco foi acionado ao longo da partida contra o CSA.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*