Após treinos fechados e meta alcançada, Tricolor vive novo ambiente

A decisão do São Paulo em fazer mistério antes do confronto decisivo diante do Atlético-MG, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, deu certo. Mesmo que o técnico Ney Franco tenha escalado o time sem grandes surpresas – Paulo Miranda e Douglas foram titulares da vitória por 2 a 0 -, os jogadores celebraram a realização de treinos fechados na segunda e na terça-feira, quando os portões foram abertos apenas para entrevistas coletivas.

“O São Paulo não tem nada a esconder. Foram dois treinos fechados para os jogadores se concentrarem ainda mais, porque perdemos jeito de fazer uma brincadeira ou outra na frente da imprensa. Foi uma decisão para manter o foco na partida”, justificou o meia Ganso, autor de passe decisivo na vitória contra o Atlético-MG, quando ganhou elogios efusivos do goleiro Rogério Ceni, responsável por marcar o gol que abriu vantagem no Morumbi.

Nesta quinta-feira, quando o treino pôde ser acompanhado do início ao fim, o clima era totalmente diferente dos dias anteriores, quando a tensão pairava no ar do CT da Barra Funda. Satisfeitos pela classificação heroica, os titulares da partida contra o Galo permaneceram no Reffis realizando atividades regenerativas, enquanto os reservas participaram de um coletivo em campo reduzido, sem esconder a satisfação. Luis Fabiano esteve presente na atividade e retorna na próxima rodada do Campeonato Paulista.

“É muito ruim depender de outra equipe. A gente manteve a concentração segunda, terça e quarta para poder fazer um trabalho bem feito, que foi conseguir a vitória. Alcançamos o objetivo. Não digo que estamos aliviados, porque o clima já estava bom mesmo com portões fechados, todo mundo confiante na classificação. Mas com um bom resultado você tira o peso das costas, e o principal de tudo foi a maneira que o time atuou, com vontade e determinação”, contou o camisa 8 após sua melhor atuação com a camisa tricolor.

Como o técnico Ney Franco deve levar apenas reservas para cumprirem tabela em Mogi Mirim, na rodada final da primeira fase do Campeonato Paulista, Ganso deve seguir treinando em São Paulo, à espera da definição das datas das oitavas de final da Libertadores.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*