Após assédio do Fla, São Paulo quer colocar volante Denilson no mercado

denilson019

O volante Denilson pode estar com os dias contados no São Paulo. Em má fase desde o ano passado, o volante perdeu ainda mais espaço com o técnico Muricy Ramalho após a chegada de Souza, contratado do Grêmio, e tem grandes chances de ser negociado ainda neste primeiro semestre.

Há alguns dias, a diretoria do Tricolor foi procurada pelo Flamengo para saber sobre a possibilidade de emprestá-lo. Os salários e a ideia dos paulistas de vender os direitos não agradaram aos cariocas e, momentaneamente, as conversas estão estacionadas.

Assim como vem acontecendo desde janeiro, o São Paulo também cogita envolvê-lo em alguma troca para reforçar o elenco. Anteriormente, o clube buscou Souza cedendo o zagueiro Rhodolfo ao Grêmio e acertou com o atacante Alexandre Pato, repassando o meia Jadson ao Corinthians.

Caso não haja nenhum acordo, o clube tentará vendê-lo na janela de transferências do mercado internacional, que será reaberta na metade do ano. Um clube ucraniano seria um dos interessados. O jogador ficou cinco anos no Arsenal e não teria problema para se adaptar ao Velho Continente.

Comprado da base do São Paulo em 2006 pelo Arsenal como uma grande aposta para o futuro, Denilson nunca conseguiu se firmar no clube inglês e acabou emprestado ao Tricolor em 2011. No ano passado, o Arsenal rompeu o vínculo, e ele assinou com os paulistas até o fim de 2017.

Dentro de campo, o desempenho foi satisfatório apenas no segundo semestre de 2012, quando os são-paulinos conquistaram a Copa Sul-Americana. Em 2013, ele voltou a cair de rendimento e passou a frequentar bastante o banco de reservas. No início deste ano, chegou a ser titular na primeira rodada do Paulistão, mas rapidamente perdeu a posição.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*