Álvaro Pereira repete astros e será apresentado no Morumbi

O lateral-esquerdo Álvaro Pereira, que assinou contrato com o São Paulo nessa segunda-feira, será recebido como um astro. Pelo menos é o que indica o local escolhido para a apresentação do uruguaio: o Morumbi, palco geralmente reservado aos reforços de grande impacto.

Pereira, que ainda não tem numeração definida, vai repetir Adriano, Luis Fabiano, Ganso e Lúcio na quinta-feira, quando concederá sua primeira entrevista coletiva como jogador do Tricolor. Os quatro atletas foram contratados sob enorme expectativa, enquanto o novo reforço, por enquanto, se destaca por fazer o clube resgatar uma antiga mística envolvendo atletas do Uruguai.

– Temos uma expectativa muito grande pelo trabalho que o Álvaro desempenhou nos clubes por onde passou e também com a seleção. Também pela tradição dos uruguaios no clube e pelo entusiasmo que o próprio jogador demonstrou – disse o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

Após realizar exames na capital paulista, Pereira posou para fotos segurando uma camisa azul do Tricolor, bem semelhante à da seleção uruguaia, e foi anunciado pelas redes sociais com a hashtag “tricolorceleste”. A estreia ainda depende do visto de trabalho.

Campeão da Copa América com o Uruguai em 2011, Pereira era reserva do japonês Yuto Nagatomo na Inter de Milão (ITA) e desejava trocar de ares para jogar com mais frequência às vésperas da Copa do Mundo. Após receber o aval do zagueiro Lugano, seu compatriota e ídolo dos são-paulinos, o lateral acertou empréstimo de 18 meses.

Contando Lugano, 15 uruguaios já passaram pelo Morumbi. Os de maior destaque foram Pablo Forlán, Pedro Rocha e Darío Pereyra. O clube tem uma coleção de camisas chamada Tricolor Celeste.

Recepção no Morumbi

Adriano
Assim como Pereira, foi emprestado pela Inter de Milão (ITA). Sua apresentação, no início de 2008, foi no Morumbi, sem torcida. Jogou o primeiro semestre daquele ano e foi bem.

Luis Fabiano
Tricolor abriu os portões para que 45 mil pessoas vissem o ídolo em 2011. Cerimônia também serviu para festejar o centésimo gol de Rogério Ceni e teve shows de música.

Ganso
Foi apresentado antes de um jogo contra o Cruzeiro, pelo Brasileirão de 2012, para mais de 40 mil torcedores. Time brigava pelas primeiras posições.

Lúcio
Veio da Juventus (ITA) e foi apresentado no salão nobre no início de 2013, sem torcedores. De todos, foi quem teve a passagem mais decepcionante.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*