Aidar ironiza vontade de Kalil em presidir o São Paulo e a Santa Casa

As eleições presidenciais do São Paulo estão marcadas para abril e a disputa entre os candidatos fica cada vez mais acirrada. Nesta segunda-feira, o candidato da situação, Carlos Miguel Aidar, resolveu ironizar a vontade do rival Kalil Rocha Abdalla em presidir, além do Tricolor Paulista, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

– Respeito essa vontade do Kalil, só não pode o Juvenal marcar as nossas eleições para o mesmo dia das da Santa Casa. Ele quer ser presidente das duas entidades, vamos ver se ele consegue. Ninguém marcou a eleição ainda, mas acho que é muita coisa para ele. Tem como presidir as duas, claro, é só o pessoal do São Paulo despachar com ele na Santa Casa ou a mesa da Santa Casa ser instalada no Morumbi – disparou Aidar à Rádio Bandeirantes.

As eleições da Santa Casa já estão confirmadas para o dia 16 de abril. A data, entretanto, pode ser escolhida propositalmente pela diretoria comandada por Juvenal Juvêncio para a decisão do futuro do clube.

Aidar ainda aproveitou para confirmar que conseguiu junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que a Seleção Brasileira disputasse um amistoso contra a Sérvia no Morumbi. O jogo, marcado para o dia 6 de junho, é visto pelo candidato da situação como um presente para a torcida, frustrada pela exclusão do estádio da lista da Copa do Mundo em detrimento à Arena Corinthians.

– Fiz isso mesmo, ajudei diretamente para que esse jogo viesse para o Morumbi. É bom para o torcedor são-paulino saber disso. É praticamente a abertura da Copa do Mundo no Morumbi – comparou o advogado, em alusão à partida entre Brasil e Croácia, no dia 12 de junho, válida pela primeimra rodada do Grupo A do Mundial.

Fonte: Lance

2 comentários em “Aidar ironiza vontade de Kalil em presidir o São Paulo e a Santa Casa

  1. Nada como se contentar com as migalhas que estão sendo deixadas pelo seu ‘futuro’ antecessor.
    Nada melhor do que parafrasear Machado de Assis no romance “Quincas Borba”: “Ao vencido, ódio ou compaixão; ao vencedor, as batatas”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*