Aidar envia “carta aberta” a são-paulinos na véspera da eleilão

O candidato situacionista à presidência do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, enviou uma “carta aberta” a são-paulinos na véspera da eleição que vai indicar 80 conselheiros que no próximo dia 16, ao lado dos vitalícios, escolherão entre ele e Kalil Rocha Abdalla, candidato da oposição, o novo presidente do clube.

Abaixo a íntegra da carta que foi enviada aos sócios através de e-mail:

Caro torcedor e sócio do São Paulo Futebol Clube,

 

Neste sábado (5/4) será realizada a eleição para o Conselho Deliberativo, quando os associados votarão para eleger novos conselheiros. Como candidato à presidência do São Paulo Futebol Clube pela chapa Avança São Paulo, gostaria de convidar os sócios a participar deste momento tão importante e democrático.

 

Gostaria de compartilhar um sentimento que pude captar em nossa militância, que é o de poder continuar o processo de modernização do clube e a construção de um novo ciclo de desenvolvimento. Tudo será profissionalizado. Precisamos e vamos mudar o São Paulo Futebol Clube para colocá-lo à altura de nossos grandes desafios.

 

Com a colaboração de todos os são-paulinos, vou trabalhar incansavelmente para implantar o projeto da cobertura de nosso estádio. O estacionamento para 2.000 vagas trará segurança aos sócios do clube. Já a “arena” multiuso climatizada para 28 mil lugares será fantástica, além de gerar muitas receitas para o São Paulo Futebol Clube.

 

Quero voltar a ser presidente do São Paulo Futebol Clube para retomar fortemente nossa liderança no futebol brasileiro, qualificar as alianças, dar equilíbrio entre as forças políticas dentro do clube e valorizar nossa capacidade de revelar jogadores.

 

Com apenas 37 anos, comandamos o tricolor mais querido entre 1985 e 1987. Inauguramos o CCT da Barra Funda, uma inovação na época. Conquistamos títulos importantes como os Campeonatos Paulistas de 1985 e 1987 e o Brasileiro de 1986. O primeiro, conquistado sob o comando de meu pai, Henri Couri Aidar, em 1977, me ajudou a aprender muitas coisas, principalmente como se impor como o clube mais importante e moderno do País. Hoje sou mais experiente e preparado para comandar. O que sinto está expresso em nosso hino, pois tive o privilégio de ajudar a construir as glórias que vêm do passado.

 

Quero títulos, e o torcedor também. Já temos uma equipe base para o Campeonato Brasileiro. Mas isso não é o suficiente. É preciso voltar a ter um time campeão. Vamos reforçar, contratando jogadores indicados pela comissão técnica que venham para ser a “solução”.

 

É importante que nosso time tenha atletas com esse perfil, que venham com vontade, que entrem no time e assumam: “Este lugar é meu, daqui ninguém me tira”. Que vistam nosso manto, assim como nosso torcedor vibra na arquibancada.

 

Gostaria de agradecer a confiança, as inúmeras manifestações de carinho, além do trabalho e lealdade de todos que me ajudaram. O São Paulo Futebol Clube voltará a liderar o futebol brasileiro, porque “dentre os grandes és o primeiro”, e será eternamente!

 

 

Carlos Miguel C. Aidar

Sócio n. 96

Candidato à presidência da diretoria – triênio 2014/2017″

Um comentário em “Aidar envia “carta aberta” a são-paulinos na véspera da eleilão

  1. O problema do Aidar é a aliança com o despota bêbado safado, aquele que destoa dos prsidentes honrados que tivemos. Se o bêbado ficar longe, com certeza o Spfc volta as glórias, já que o corintiano o tirou dos trilhos e deu um estádio de presente para seu clube amado, com ajuda do outro bêbado safado, Alckmin e Kassab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*