Aguirre elogia aplicação tática do São Paulo

Diego Aguirre não quis ser egoísta na hora de receber os méritos pela histórica vitória conquistada pelo São Paulo, neste sábado (9). O treinador uruguaio fez questão de elogiar os jogadores pelo triunfo de 1 a 0, com gol de Nenê, contra o Atlético-PR, sendo esta a primeira vez que o tricolor derrotou o adversário na Arena da Baixada desde a fundação do estádio, em 1999.

“Estou feliz porque o São Paulo ganhou fora de casa. Não presto muito atenção a essas estatísticas, mas muitos craques do São Paulo jogaram aqui e não conseguiram vencer. Por isso quero ressaltar esses jogadores que venceram hoje [sábado]”, disse Aguirre.

O treinador também não se mostrou preocupado com a possibilidade de perder jogadores durante a pausa para a Copa do Mundo e a abertura da janela de transferências para o exterior. Nas últimas semanas, o Tricolor já perdeu os atacantes Marcos Guilherme e Valdívia.

“Não tenho medo que isso aconteça [o São Paulo perca força com a saída de atletas], porque sei que jogadores vão sair. É normal, o São Paulo precisa vender, faz parte. O importante é que estamos trabalhando para ter opções e jogadores que vão chegar para substituir os que vão embora. Não me preocupa, estamos trabalhando para ter um elenco forte”, afirmou Aguirre.

“Sobre reforços, como toda janela que se abre, atrai jogadores. Alguns já foram embora, mas também estamos trabalhando com a diretoria com alguns nomes pontuais que talvez nas próximas semanas podemos fechar e reforçar o time porque estamos de um jogadores para ocupar os lugares dos jogadores que foram embora”, completou.

O uruguaio, que está próximo de completar três meses de trabalho no clube, aproveitou para fazer um pequeno balanço de sua passagem até o momento. Novamente, Aguirre optou por dividir os méritos entre todos os envolvidos com o futebol no dia a dia são-paulino.

– Parece que faz muito tempo que estamos no São paulo, porque tem muito jogos. Mas semana que vem vai fazer três meses apenas que estou como treinador do São Paulo. As coisas vão bem, acho que cada vez melhor. É impossível pensar que sem o trabalho dos jogadores e dedicação, com o sacrifício do dia a dia… O São Paulo estava em um lugar que não merecia por causa da sua história e torcida. Os jogadores sabiam disso. É injusto falar de um só jogador nesse momento. Todos estão em um nível altíssimo. O mérito é de todos – analisou.

O jogo deste sábado teve duas equipes em situações opostas. Enquanto o São Paulo passou a somar 19 pontos e briga pelas primeiras colocações na tabela, o Atlético-PR se mantém na zona do rebaixamento e tem o técnico Fernando Diniz pressionado pela torcida.

“Jogar contra um time pressionado, por um lado tem a dificuldade no começo, mas com o passar dos minutos penso que o time sente a pressão e comete erros. Lamentavelmente essas coisas acontecem e às vezes as torcidas jogam contra. Faz parte, tem que ter personalidade para reverter essa situação”, avaliou Aguirre.

 

 

4 comentários em “Aguirre elogia aplicação tática do São Paulo

  1. Deu muita sorte do Atlético-PR estar em uma situacao crítica pq senao a cagada que ele fez na substituições nao teríamos saido com vitoria.

    • É exatamente essa sorte que demos que os caras chamam de “aplicação tática”.
      Aplicação tática só existe quando dá sorte de não tomar o gol certo naquela retranca ridícula. MAS… é assim que tá dando resultado na sorte, não existe plano B, então que continue assim.

  2. Tá provando que ele quer ficar por uns anos e fazer historia no S.Paulo !!!
    Muito humilde, coerente e frio !!

    Na minha opinião, o Nenê deveria jogar no S.Paulo por mais uns 5 a 7 anos !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*