Ademilson revela que Rogério citou aposentadoria para motivar elenco

O goleiro Rogério Ceni tem contrato com o São Paulo apenas até o fim do ano e pode encerrar a carreira ao término do vínculo. Por isso, o capitão são-paulino temia fazer sua última partida pela Libertadores na noite de quarta-feira e tratou de motivar o elenco na briga pela classificação.

Autor do segundo gol da vitória do Tricolor por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, no Morumbi, o atacante Ademilson confirmou que o goleiro falou sobre o fim da carreira na conversa com os atletas antes do início do confronto.

“O Rogério foi muito diferente ontem (quarta). Ele falou que aquele poderia ser mais um jogo da carreira dos outros, mas, para ele, poderia ser o último em uma Libertadores e ele não queria sair. Pode ser o último ano dele e quer terminar com título. Ele motivou muito no vestiário”, afirmou o atacante, em entrevista à TV Bandeirantes.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Rogério Ceni disse ao elenco que jogo contra o Galo poderia ser seu último em uma Libertadores

O primeiro gol do Tricolor no estádio do Morumbi foi marcado pelo próprio goleiro do clube, em cobrança de pênalti. Assim que superou Victor, Ceni ajoelhou-se no gramado, vibrando bastante e sendo abraçado pelos colegas de equipe.

O São Paulo entrou em campo pressionado para enfrentar o Atlético-MG, mas conseguiu a combinação de resultados necessária para avançar à próxima fase. Além de ter vencido a equipe mineira, o Tricolor ainda foi beneficiado pela derrota do Strongest para o Arsenal de Sarandí, na noite de quarta.

 

Fonte: Gazeta  Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*