1943, nem cara nem coroa

Vice-campeão em 1938 e 1941, terceiro em 1942, o São Paulo ameaçava a supremacia do Corinthians e do Palmeiras. Em 1943, dizia-se que, uma vez mais, daria um ou outro, de acordo com o lado que a moeda caísse. Mas a moedinha caiu em pé, deu São Paulo, o primeiro título oficial do clube, comandado por Leônidas da Silva e pelo argentino Sastre.

Em pé:
Zarzur, Piolim, King, Virgílio, Zezé Procópio e Noronha.
Agachados:
Luizinho, Sastre, Leônidas, Remo e Pardal.

Um comentário em “1943, nem cara nem coroa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*