1938, de mão não vale

O Paulistão de 1938 foi um show de desorganização. A final, entre São Paulo e Corinthians, aconteceu somente em abril de 1939. O tricolor começou na frente, gol de Mendes. A partida foi interrompida aos 21 minutos do primeiro tempo, por causa da chuva. O jogo recomeçou dois dias depois. O Corinthians empatou faltando 25 minutos para o fim, com um gol de mão do atacante Carlito, e ficou com a taça.

O time:
Pedrosa;
Agostinho e Iracino;
Fioretti, Damasco e Felipelli;
Mendes, Armandinho, Eliseu, Araken e Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*