Entre tapas e beijos, estamos na Libertadores: saldo do ano

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo fechou de forma grotesca o Campeonato Brasileiro. Com o vice assegurado, mandou um time misto para Recife e, mesmo os reservas, não fizeram a menor questão de se empenhar. O resultado não poderia ser outro, a não ser a derrota por 1 a 0, graças a Denis, que fez pelo menos três defesas estupendas.

Mas o balanço do ano, que foi cheio de turbulências, nos deu a vaga da Libertadores de forma direta, com o vice-campeonato Brasileiro. Convenhamos que foi um saldo muito positivo, para quem ano passado passou boa parte do campeonato brigando para não cair e que este ano foi eliminado do Campeonato Paulista pela Penapolense e da Copa do Brasil pelo Bragantino, ambos os jogos dentro do Morumbi.

O time, que considero muito bom, foi montado no meio do ano, com mais da metade do primeiro turno do Brasileiro disputado, com o Cruzeiro já abrindo vantagem e as pedras aumentando pelo caminho. Vamos lembrar que Kaká, Kardec, Michel Bastos e Luis Fabiano só começaram a jogar bem depois da Copa do Mundo.

O que temos certeza é que o elenco é frágil. Não espero um elenco onde possamos tirar os 11 titulares e colocar os 11 reservas e com este segundo time sermos campeão de alguma coisa. Mas espero, sim, que ao precisarmos poupar alguns titulares, o plantel esteja apto a fornecer alguém que não permita que o nível do time caia tanto.

Não é com Osvaldo, Ademilson, Antonio Carlos, Reinaldo e Paulo Miranda que vamos conseguir isso. Além disso, por mais esforçado que seja Hudson como lateral direito, ele não é da posição e nós precisamos, urgentemente, de um autêntico lateral direito.

Durante os próximos dias vamos conversar mais sobre o assunto. E vamos amadurecer o pensamento, também, em nomes, porque falar, como estou falando, que precisamos contratar um lateral direito é muito fácil. Mas quem seria esse lateral? Esse é o problema.

No final das contas, portanto, o balanço acabou sendo positivo. Que 2015 venha melhor, bem melhor, com um título para que o M1TO encerre sua carreira de maneira vitoriosa, como ela foi até hoje.

6 comentários em “Entre tapas e beijos, estamos na Libertadores: saldo do ano

  1. Gente, calma… eu concordo que precisamos de bons reforços, mas vamos pensar com a realidade da vida. Já foi resolvido aquele déficit de cerca de 6 milhões por mês que havia se comentado no meio do ano? Sem grana não dá pra contratar.

  2. Essse time da sardinha, e’ mesmo um timinho qualquer,
    contra o Cruzeiro entregou, literalmente,
    ontem, contra o Vitoria, jogou como se fosse o jogo da vida,
    comemorando intensamente o gol da (vitoria) na ultima bola.
    Enfim, esse campeonato mequetrefe, esse se tornou mesmo mequetrefe,
    e’ assim mesmo,
    ???? sera’ que terminou ????
    o do ano anterior ainda nao fechou, pelo menos para quem quer explicacoes
    de quem comprou a vaga de um dos kariokas, donos do pedaco.

  3. O ano realmente foi acima do esperado. So’ chegar a Libertadores foi o’timo,
    mesmo tendo ficado pelo caminho numa finalissima de Sulamericana,
    mas esse e’ um campeonato mequetrefe como disse um colega.
    Agora, se na’o reforcarem e bem reforcado na’o decolaremos.
    O primeiro reforco segundo dizem e’ uma piada, trocar o Palito por Carlinhos
    e’ de um mau gosto impressionante.
    Enfim, precisamos de pelo menos meia duzia de bons jogadores,
    jogadores tipo os que jogaram hoje, na’o chegamos a lugar nenhum,
    todos meia boka.
    Na’o entendi porque o medalha’o dos gols inuteis na’o jogou,
    deve ter trabalhado muito durante o ano e preservado para ferias merecidas,
    esse cidada’o quando precisamos, na’o esta’, e quando esta’ tem desinteria.
    Vamos aguardar, precisamos de gente competente, de vontade,
    que tenha intensidade.

    • Pois e’ o Pereira vai embora, agora,
      ??? gostaria de ter o Carlinhos no teu time ????
      Eu na’o, o Pereira pelo menos tem raca, e’ dedicado e erra sempre
      querendo ajudar, esse Carlinhos, se vier sera’ outra avenida MORUMBI.
      Ja comecaremos mal de contratacoes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.